Assim como o Google e a Apple, a Microsoft também procura atualizar constantemente seu sistema operacional móvel para mantê-lo a par das últimas novidades. Mas nem sempre a gigante de Redmond oferece uma perspectiva de quando o sistema receberá novas versões. Um roteiro de atualizações do Windows Phone que vazou hoje nos dá essa previsão, mais ou menos.

O site WMPoweruser recebeu a imagem abaixo, que mostra as duas versões já liberadas do Windows Phone e um prazo estimado para quando as próximas duas deverão chegar, além de uma breve descrição do foco que terão os aparelhos com tais atualizações.

A Tango, nome que já havia sido revelado antes, vai chegar no segundo trimestre do ano que vem e vai focar nos smartphones mais baratos, possivelmente low-end – embora os aparelhos desse tipo com Windows Phone conseguem valer mais a pena do que o resto dos low-end do mercado, a meu ver. Já a Apollo, que pode ou não ser o Windows Phone 8, vai focar em entregar aparelhos mais poderosos e com foco mais nas empresas.

Mesmo que não sejam informações oficiais, já podemos ver esse comportamento atualmente com a liberação não só dos aparelhos mais top de linha, como o HTC Ultimate, como celulares mais baratos com o sistema, como o Samsung Omnia W. Ambos já estão disponíveis no Brasil há algum tempo e por preços relativamente distantes um do outro.

Esse comportamento de atender os dois lados do espectro de celulares encaixa também na estratégia da Nokia. Embora a empresa só tenha liberado os mais high-end por enquanto, podemos ver os Nokia low-end com Windows Phone chegando em breve. E o mapa vazado hoje indica que eles podem estar mais perto do que imaginamos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alberto Monteiro
Kinectimals Rise of glory The Harverst Need for Speed
Lucas Herrera
Mas são jogos de terceiros? Que jogos seriam?
Alberto Monteiro
Ja baixei em meu WinPhone7.5 jogos pesados, de 50~90MB com gráficos perfeitos, e não tive problemas relacionado a desempenho. Não da para negar que a performace do SO é fantástica.
Lucas Herrera
Pra usuários comuns ele realmente deve funcionar muito bem. A experiência oferecida por Androids baratos é realmente sofrível. O Ipod Touch e Iphone mesmo que seja das primeiras gerações oferece uma experiência muito melhor pro usuário. O Android está oferecendo uma experiência boa somente agora que o hardware está bom. O Galaxy S já era bom, mas dizem que quando começava a colocar muitos aplicativos o negócio complicava. O escritor do blog Droider mesmo disse que o primeiro dos Android High End foi o Galaxy S2, porque somente ele consegue gerar uma experiência tão boa quanto dos aparelhos da Apple. Eu compartilho dessa opinião, dificilmente tenho problemas com o meu, de vez em quando dá umas loucuras nele mas é porque eu judio demais da criança também, uso direto, enfio um monte de aplicativos e jogos (ele só tem uns 2 gigas da memória interna livre, esses dias tive que excluir as músicas), sou obrigado a carregar ele por volta das 14 horas pra ele durar o resto do dia. Mesmo assim ele não entrega as rédias não. Mas pra aparelhos baratos a coisa ainda é complicada.
Gabriel
É provável e isso é um problema grave para jogos, mas um consumidor como eu, que só uso navegador, feeds, facebook e músicas fiquei com o pé atrás de adquirir um smartphone mais simples porque não curti (nem um pouco) a experiência ruim oferecida por celulares mais básicos como o Galaxy 5 comparado ao iPod Touch que eu tinha antes de adquirir um Milestone 2. Eu me preocupo também, com a má fama que esse descaso com o conjunto acaba causando a imagem do Android. Pessoas com smarts mais básicos, obviamente, tem uma visão bem pior do SO que os que adquirem um mais caro.
Lucas Herrera
A experiência pode ser boa, já li vários reviews que dizem isso. Mas na minha opinião isso não vai continuar tão bom quando começarem a usar aplicativos e jogos mais pesados. Uma coisa é fazer o seu sistema funcionar bem com os seus aplicativos (coisa que o Android não faz muito bem). Outra coisa é funcionar bem com aplicativos de terceiros que tenham bons gráficos e exijam do processador. Nessas horas eu acho que ele vai abrir o bico.
Gabriel
Bom, depende do ponto de vista. Um aparelho como o Omnia W só é possível com essa estratégia da Microsoft, ele é bem mais barato que os high-end Android e tem uma experiência tão satisfatória quanto (segundo os usuários), o mesmo vale para o Lumia 710. Ou seja, sacrificando design e outras qualidades acessórias, consegue-se um aparelho superior a concorrência devido a otimização do hardware para o software mas isso atrasa a utilização dos lançamentos como Tegra 3 por exemplo.
Lucas Herrera
No Gizmodo estão dizendo que somente irão sair WP dual-core no final do ano que vem. Creio que eles já estão atrasados agora, se for esperar só o ano que vem pra mostrar aparelhos com hardware de verdade vai ser triste.
Turdin
Concordo que essa parte do volume igual em tudo é ruim, também poderiam melhorar a questão do controle da internet
Forbidden_404
Não vejo a hora de por a mão num Windows Phone e ver se essa belezinha promete mesmo.
Arthur Amorim
É o problema do meu iPod acredito ser pontual. Tenho amigos que não tem o mesmo problema..
RClemente
Eu achei o WP sensacional também. Se fosse trocar, certamente seria pra ele. Ainda acho a interface do Android muito antiquada. Aquela infinidade de icones no menu principal... sei lá... não é atraente... não me dá muito incentivo a desbravar o sistema. O mais atraente do Android são os aparelhos high-end, que são fantásticos. (São apenas minhas impressões baseadas no meu uso). Com o iPhone não tenho essa experiência que você disse ter com o iPod, então, vou levando ele como gadget principal. E torço muito para o amadurecimento do WP. tem muito potencial a mais aí.
Arthur Amorim
Uma coisa que precisa ser feita urgente é um gerenciador de perfis de som. Pq as vezes coloco o fone de ouvido e o volume esta no maximo.. ai é f###..
Arthur Amorim
Mas eu acho que no Tango haverão algumas pequenas melhorias. O Apollo provavelmente vai ser o sistema que vai 'unificar' Windows 8 com 'WP8'.
Arthur Amorim
Ja tive o SII, e como todo Android, mesmo high-end depois de um tempo de uso começam os travamentos. Ai reseta o aparelho para ganhar performance, parece até um sistema que os linuxmanicos falam tanto mal. E sem contar que depois de resetar tem que instalar facebook, instalar twitter, etc. Sem contar tambem que se por alguma acaso eu reinicie o celular o tempo de boot do WP é 4x mais rapido que o Android. Voce fala em listas como se no Android não houvesse isso, mas tem, não na interface principal, que é uma cópia descarada do iOS, ainda mais a Samsung, mas no todo resto do sistema. Listas existem em todos lugares. Agora com WP se eu resetar o meu aparelho em menos de 5 min eu ja estou pronto para usa-lo como se estivesse "completo", pois nele ja vem nativo integração com facebook, twitter, linkedin, gmail, hotmail, skydrive. Sem contar na facilidade que eu tenho em acionar aplicativos para fotos, ou musica. Essa semana o MarketPlace chegou aos 50,000 Aplicativos em 14 meses, o Android levou 19. O Android pode ser mais customizavel, mas a customização leva tempo, no meu caso, perda de tempo. Eu prefiro as Live Tiles, que são muito mais simples e funcionais, do que Widgets que gastam bateria e processamento. E sem contar ainda nos VIRUS que tanto falam que tem nos Windows, esta lotado na Android Market. Então cara. Pensa bem antes de falar alguma coisa. Eu estou vendo que os Fandroids estão ficando pior que os Applemaniacos. Eu ainda tenho os 3 SO em minhas mãos e para mim esta claro qual é melhor. WP7>iOS>Android
Exibir mais comentários