Práticas aparentemente anticompetitivas do Google são notícia novamente nos Estados Unidos. Por lá, um grupo de sites que oferecem passagens de avião e outros serviços relacionados a viagem reclamam publicamente do destaque que o buscador dá para seu próprio serviço de busca de voos em detrimento dos demais. Expedia, Priceline.com e Orbitz, serviços que comparam preços de viagens, sentem no bolso mais um movimento do gigante das buscas.

A reclamação tem a ver com a atualização aplicada à busca por voos na página inicial do Google. Até escrevi sobre o assunto: quando o usuário busca por “san francisco to new york” aparece automaticamente uma listagem dos voos indo de São Francisco para Nova Iorque, com direito às taxas cobradas pelas companhias aéreas.

Reportagem do Wall Street Journal afirma que o Google quer abocanhar um negócio de mais de US$ 100 bilhões anuais. Os outros players, como era de se esperar, estão chiando contra a ferramenta. Na Expedia, por exemplo, por volta de 15% do tráfego vem do Google. Se o painel de voos do Google aparece antes da Expedia em resultados de busca, pode-se presumir que internautas deixarão de entrar na página da Expedia. Menos dinheiro para eles e mais para o Google.

Com a ferramenta de busca de voos atual, o internauta cai diretamente no site da empresa de aviação. Alegria deles, que requisitavam do Google uma maneira de retomar acessos roubados pelos sites especializados em viagens e comparação de preços. Por sua vezes, esses sites cobram taxa das companhias aéreas para realizar a venda das passagens. Pulando o intermediário, American Airlines, Continental e congêneres garantem mais grana para si.

Publicidade seguida do painel de voos fornecido pelo Google

Em questão entra novamente a forma como o Google disponibiliza as informações. E eu uso “novamente” porque, na semana passada, o grupo brasileiro Buscapé anunciou ter entrado com uma representação contra o Google Brasil no Ministério da Justiça. O grupo reclama que o Google privilegia seus próprios produtos ao apresentar opções de compra, com direito a fotos, tratamento que nenhum concorrente recebe.

A discussão é boa e parece que não vai ter fim. Por um lado, o Google é o dono do site e pode fazer com ele o que bem quiser. Por outro, a ferramenta serve de mote para empresas que construíram negócios em cima desse fundamento e querem continuar competitivas mesmo com o Google lançando concorrentes diretos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Murdock
Então não entendo, nenhuma senha ou e-mail meu é reconhecido mais.
TatoGomes
Estava no trabalho, poxa... =D
fabiano ?
Faz bem uma discussão saudável! :D
Thássius Veloso
Num futuro breve teremos editor de comentários. Promessa do Mobilon.
Rodrigo Fante
Somos 2, e nunca disse que o Google não tem bons serviços, motivo pelo qual ela não precisaria apelar para evidenciar os que não são tão bons assim ou iniciantes.
@MisterSanderson
Eca, Internet Explorer.
@MisterSanderson
Com qual finalidade?
fabiano ?
Bondade? Quem acredita nisso, quando se fala em "rivalidade"? A Google INC tem a esperteza em seu DNA, investe na compra de empresas em visão de bons frutos do futuro, independente do seu grau de vantagem ou desvantagem. O principal desafio, sim, é agradar os clientes com plataformas seguras e de alto desempenho. O Google domina a web, e vai negar que você também usa o Google search? Vai negar que você já viu vídeos no Youtube? Onde estava sua preocupação com "posar de bonita" e a indescritivel, inobjetavel e vaga "bondade"?. Não sou fã da Google, apenas um apreciador de "bons serviços".
Rodrigo Fante
A busca do Google é código aberto? adsense? adwords? afinal é onde ela ganha dinheiro, o resto é só para posar de bonita para quem acredita na bondade de empresas.
fabiano ?
Cara um editor de comentários aqui seria muito útil mesmo, digito muito rápido e dispenso tempo pra ficar corrigindo comments. Espero que isso venha de imediato. :P
fabiano ?
Se fosse diferente não teria levantado seu império na web de tal forma. A empresa tem dinheiro pra isso, tem advogados pra enfrentar qualquer causa, seja ela qual for. Não existem empresas corretas, existem usuários corretos que colocam selo de "politicamente correto" em serviços só porque o nome da empresa é uma tendência. Apple, Google e Microsoft, bons exemplos. Contudo, Microsoft e Apple oferecem sistemas comerciais de códigos fechados, e o Google nesse cenário é a companhia mais transparente no sentido. Dizem que a empresa rastreia seus usuários, faça-me favor, há configurações pra impedir isso. Não defendo nenhuma empresa, mas o Google merece o respeito por ter disseminar a informações entre os internautas de maneira um tanto quanto "competente". Malwares atacando o Android? Duvido que isso não tenha dedo da concorrência.
Ramon Melo
Não, não é isso o que está acontecendo. Essas empresas se aproveitaram de uma lacuna tecnológica para oferecer um produto e, agora que esta lacuna está sendo preenchida, estão apelando para a "concorrência" para se manterem no mercado. O produto da Google Inc. é nitidamente superior, por ser capaz de interpretar e identificar, de forma automatizada, o que o usuário procura, seja preços de produtos, horários de passagens aéreas, vídeos, imagens, notícias, artigos acadêmicas ou localizações num mapa. O restante terá que se adaptar ou fechar as portas. Foi assim quando a Apple resolveu que o disquete não tinha mais utilidade, quando o governo brasileiro decidiu que toda TV fabricada em solo nacional deveria ter antena digital embutida e quando surgiram as câmeras digitais comerciais (as "point-and-shoot"). Por que teria de ser diferente agora?
Marcelo
Google só ira tomar uma atitude quando o FBI invadir a sede da empresa, que nem foi feito la na Coreia.
Luandersonn
É só pensar um pouco, o Bing nos EUA não para de crescer... Agora, porque será? Google caindo? Microsoft em alta? Não dá para saber
Luandersonn
E ele não era bom? IE6 foi o melhor browser do ano 2000, tinha outro igual? O problema foi a Microsoft deixa-lo de atualiza-lo por anos, é obvio que hoje ele não é bom suficiente, mas dizer que ele foi ruim é um equivoco pela época que ele foi lançado
Exibir mais comentários