Início / Arquivos / Ciência /

Apple pretende criar baterias de hidrogênio com semanas de autonomia

A nova geração de baterias com energia renovável serão capazes de durar semanas com uma única carga.

San Picciarelli

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O escritório de patentes dos EUA publicou na semana passada dois pedidos de patentes da Apple cujo objetivo é a pesquisa e criação de novas fontes de energia para os seus produtos, em especial um projeto para baterias movidas a hidrogênio. Esse tipo de bateria não é exatamente nova, mas um dos destaques do novo desenvolvimento da Apple nelas é na sua duração: com uma carga, essas baterias poderiam fazer iPhones, iPods ou iPads durarem até duas semanas ligados.

Um dos documentos diz o seguinte:

Tais células de energia e seus combustíveis associados podem alcançar altas densidades gravimétricas e volumétricas, o que pode potencialmente capacitar o funcionamento de dispositivos eletrônico-portáteis por dias e até semanas sem a necessidade de recarregamento.

Hydrogen apple 002

Além do discurso de longevidade das baterias e sua melhor integração às novas políticas ambientais de sustentabilidade, o novo projeto de patente vende o peixe de que a mudança dos químicos tóxicos utilizados nas baterias padrão para novas tecnologias cujos resíduos não passariam de apenas água atinge inclusive implicações políticas.

Alguns parágrafos destacam pontos relacionados à dependência continuada dos EUA de combustíveis fósseis e da necessidade de se manter relações políticas e militares bastante complexas com governos instáveis, como por exemplo com países do Meio Oeste. “Tais problemas tem conduzido a um aumento da conscientização e ao desejo da parte dos consumidores de que se promovam e se utilizem fontes renováveis de energia”, argumenta um parágrafo do pedido.

Hydrogen apple 001

Uma fonte de dentro da Apple relatou ao jornal britânico Daily Mail que a empresa já vem promovendo projetos de patente relacionados a “células combustíveis de hidrogênio mais leves e eficientes” desde o último mês de Outubro; época em que a gigante da maçã perdia seu CEO Steve Jobs.

Veja abaixo uma reportagem do site Huffington Post sobre os novos planos para energia da Apple.

As petições das Patentes: