Início » Arquivos » Gadgets » Integre qualquer coisa à internet com o Twine

Integre qualquer coisa à internet com o Twine

Projeto inovador de automação pessoal é lançado por recém-formados do MIT

Avatar Por

Falando em nome de muitos, me atrevo a dizer que um dos últimos e mais cobiçados desejos do bom geek é a automação pessoal. Não é? Ensinar virtualmente qualquer objeto a conversar com a internet e executar uma função em particular é, sem sombra de dúvida, um oásis a ser conquistado.

Felizmente, tudo isso está bem mais próximo de nós e vai depender apenas de quem quiser apoiar um super projeto lançado essa semana no KickStarter.

A SuperMechanical – nome ultra-joinha – foi criada por David Carr e John Kestner, dois recém-graduados em Engenharia de Designs pelo MIT que se juntaram para fazer com que “os objetos possam se conectar conosco”.

Seu novo projeto é o Twine, um dispositivo inteligente que é capaz de coletar informações através de quatro sensores e comunicar tudo com a internet por meio de filtros de ação especialmente simples de serem criados.

A ideia é que o usuário não tenha qualquer trabalho em configurar a traquitana do jeito que bem quiser. O único limite para o rústico gadget é realmente a nossa imaginação.

Twine

Às primeiras vistas você diria que o aparelho não passa de um calço para portas ou de um peso de papel feito de plástico. Dentro dele, entretanto, você vai encontrar além da conexão WiFi:

  • Sensor térmico: mede a temperatura ambiente;
  • Acelerômetro: mede vibração, impacto e detecta movimento;
  • Interruptor magnético: pode ser ativado, com o abrir e fechar de portas ou então ao se pisar em um degrau, por exemplo.
  • Placa de breakout: oferece entradas e saídas, tanto analógicas quanto digitais e que conecta toda a mágica.

Um aplicativo de internet extremamente simples – para não dizer rudimentar, mas nem por isso menos funcional – foi criado para que se possa configurar o Twine para executar uma miríade de funções.

Até o momento, o Twine dá suporte à mensagens curtas via celular (SMS), Twitter, Email e chamadas configuráveis via HTTP, para o caso de você já estar matutando idéias estranhas.

Dê uma olhada no vídeo abaixo onde os rapazes apresentam o projeto. Agora, imagine só o que podemos fazer com um brinquedinho desses…

Alguma ideia interessante? Eu já quase consigo ouvir os projetos mais malucos.

Conheça mais e descubra como apoiar o Twine no Kickstarter.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@Ledark
Eu lendo os comentários achando que ia ver o povo viajando nas idéias de aplicabilidade disso, mas acho que a única foi a primeiro comment lá em cima mesmo... aliás, só isso já vale o preço aheuaheuaeh xD~
@_eliasalberto
A idéia é ótima, mas o preço é sofrido. Enquanto os conjuntos de sensores forem tão caros assim, a automação pessoal continuará sendo um sonho. Pra piorar, esses valores não incluem nenhum tipo de atuador, apenas os sensores. :(
Carlos
Eu que não colocaria um smartphone potente na geladeira, ou pegar chuva. Tem muita coisa que faz mais que esse aparelho (um computador por exemplo), mas o objetivo de cada um não é o mesmo. Observando o que said o Bruno diz (tracadalho do carilho), possivelmente o twine usa o arduino como base, o que deveria o tornar relativamente barato, mas não é o caso. A prevenda tá a partir de 99 obamas, 4 completos sai por 500. O SunSpot custa 833 dilmas!!! Não dá pra colocar um negócio desse monitorando a temperatura da cerveja.
bruno
Isso ja existe faz tempo, SunSpot tem bem mais recursos... so que é para programadores java. http://www.sunspotworld.com/ http://www.youtube.com/watch?v=S9GWoatB9PA&feature=related mais hoje em dia qualquer programador faz o mesmo com um smartphone potente
Bruno Said
Arduíno?
TatoGomes
Eu acho que ele queria comentar o post relacionado, do cabo que USB-fica qualquer coisa.
Turdin
Sinceramente não entendi o que quis dizer com isso
Raonny ? (@ruivoh)
Oi?????
Ruy Acquaviva
Mas não é a mesma coisa que pegar um cabo USB velho e/ou quebrado, cortar a outra ponta e passar cola? Por que eu vou pagar 5 obamas por uma coisa que eu posso ter de graça? Pessoalmente eu não acho essa brincadeira engraçada, mas quem quiser fazer não precisapagar, já que quase todo mundo tem um cabo USB quebrado ou sem uso em casa. É o tipo da piada que só faz rir quem está vendendo a coisa.
San Picciarelli
Perfeito.
@andrelinod
Nossa, nem vou continuar a ler as outras ideias, essa ja ganhou EPIC!!!! hahahaha
Alisson Kalinke
Eu achei que era um sabonete... ahuiahu
Kiko Fernandes
Pra mim o melhor projeto! hahahaha Mandou benzasso Alisson
@iJeanCarlos
No visual é muito parecido com uma barra de sabão.
Claudio H.
As maiores idéias estão na cabeça de pessoas simples e sem dinheiro. Quando as grandes companhias vão entender que perdem muito dinheiro por não investirem em idéias e pessoas como essas?
Exibir mais comentários