Lá na Alemanha, os chucrutes da Volkswagen (VW, para evitar de eu escrever o nome da empresa de forma errada) decidiram adotar uma nova política para a disponibilização de smartphones BlackBerry aos funcionários. Os recursos corporativos são habilitados meia hora antes do expediente começar e desligados meia hora depois que o expediente foi encerrado.

BlackBerry

A ideia é fazer com que os funcionários não fiquem mais tanto tempo vidrados na telinha dos BlackBerry. Segundo o site da Wired, nada menos de 1,1 mil empregados da companhia automobilística são afetados pela mudança. No entanto, são todos em cargos não-gerenciais. Imagino que os gerentes continuam sem restrições para uso do smartphone – é algo que a alta direção da VW espera deles.

Além de conscientizar os funcionários, o apagão de BlackBerry fora do expediente também se tornou uma mensagem para os chefes da VW. Esse pessoal que acha que pessoas em cargos inferiores estão disponíveis 24 horas por dia durante os sete dias da semana. Nada mais absurdo do que pensar dessa forma. Funcionário tem horário para entrar e sair da empresa; a VW está reforçando isso (embora não seja uma iniciativa proativa, por assim dizer: uma espécie de sindicado precisou solicitar à Volks que adotasse a medida).

Nunca se trabalhou tanto. Com a telemática (telecomunicações e informática), qualquer boa alma tem a possibilidade de trabalhar de qualquer canto, desde que uma conexão esteja disponível. Perfeito para cortar os laços que obrigavam empregados a estarem sempre no escritório. Porém, tem a parte ruim: há quem pense que, com isso, o trabalho deve acontecer durante todo o dia. Nada mais errado.

Horários de trabalho nunca foram um problema para mim. De vez em quando, porém, pego-me desativando as notificações de email profissional nos gadgets durante o fim de semana para evitar aquela curiosidade que bate quando o som avisando sobre nova mensagem toca. Você dá uma olhadinha, aí responde, aproveita para ver outras mensagens… Quando percebe, passou uma hora trabalhando nos únicos dias que tem para si mesmo.

Trabalhar é importante, mas não é tudo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

San Picciarelli
Sensacional! #win
@trovalds
Se a moda pega vai ter empresa processando a RIM... Mas apesar de uma atitude "não voluntária", tem é que coibir abusos mesmo
Ramon Melo
Já tentaram fazer isso comigo, pena que o aparelho tinha um botão chamado "Power".
@fbslikan
Termo já existente e velho!!! trabalhei por 4 anos como soldado na Telemática da PMESP! \o/
Yangm
Para mim eles descobriram que muitos funcionários usavam o BB como smartphone pessoal, e ai a empresa era quem pagava o pato... não mais.
Yangm
Pensei que fosse algo relacionado a ensinar Matemática pelo telefone.
paulorazia
Na hora que vi TELEMÁTICA pensei: Mais um Post "á lá thassius. Nao sabia que telematica existia
Thiago Leite
Levar serviço da empresa pra casa eu nunca fiz (mas já tentaram isso no meu antigo emprego), mas tem horas que eu embalo nos meus freelas que não paro. Isso faz muito mal!!
Lucas
Muito boa iniciativa. Só acho que não colaria no Brasil...
TatoGomes
Thanks, man! =D
TatoGomes
Nem o @leandro_devir. Sou contra a maré e curto as suas criações. =D
MaTSuBa
Isso é bom para limitar o horário de trabalho, muitas empresas encerram seus expedientes físicos as 18 hrs e depois disso ficam bombardeando o celular de emails...
@leandro_devir
TatoGomes. http://pt.wikipedia.org/wiki/Telem%C3%A1tica
Guilherme Carlos
Seria muito bom se as grandes empresas adotassem essa 'tática'
Thássius Veloso
A Wikipedia não me deixa mentir.
Exibir mais comentários