Início » Arquivos » Negócios » Miyamoto diz em entrevista que vai se aposentar, informação negada mais tarde pela Nintendo

Miyamoto diz em entrevista que vai se aposentar, informação negada mais tarde pela Nintendo

Por

Donkey Kong, Legend of Zelda, Super Mario Bros. O que todos esses jogos icônicos da indústria dos videogames têm em comum? Seu pai, o niponicíssimo Shigeru Miyamoto. Na Nintendo, Miyamoto teve a oportunidade de criar personagens e jogos que fazem a cabeça de muita gente inclusive nos dias de hoje. O designer vem chamando a atenção depois que afirmou, numa entrevista à revista Wired, que está se aposentando de sua posição atual na Big N.

A Wired afirma que Miyamoto está deixando seu cargo como chefão dos games na Nintendo, a fim de se dedicar a projetos menores e com possibilidade de se concretizarem mais rapidamente. O designer de 59 anos estaria abandonando o próprio trono para dar chance de pessoas mais jovens trazerem novidades para a Nintendo. Atualmente, ele supervisiona o desenvolvimento de games como Zelda: Skyward Word e Super Mario 3D Land.

O detalhe dessa história toda é que a revista americana publicou apenas um trecho da entrevista, informando que a reportagem completa chega na semana que vem — provavelmente na revista imprensa, para garantir a vendagem de fim de ano.

Criador e criatura

As declarações dadas por ele à Wired, com direito a intérprete de japonês para inglês (e agora contando com a minha tradução livre para o pt-br) são as seguintes:

“Dentro do escritório, eu venho dizendo que vou me aposentar, que vou me aposentar. “Não estou dizendo que vou me aposentar do desenvolvimento de games de uma vez. Por aposentar, quero dizer me aposentar da minha posição atual.”

“O que eu realmente quero é estar eu mesmo à frente do desenvolvimento de um projeto. Provavelmente trabalhar em projetos menores com desenvolvedores ainda mais jovens. Ou posso estar interessado em fazer algo que eu possa fazer por mim mesmo, para mim. Algo bem pequeno.”

Miyamoto ainda afirma que não tem intenção de se dedicar a projetos longos, que normalmente levam 5 anos para chegarem ao estágio final e possam ser lançados.

Imediatamente depois da Wired publicar a notícia, o pessoal da Nintendo disse categoricamente que a função de Miyamoto na Nintendo não vai mudar. Ele permanece com os trabalhos que desenvolve atualmente. A Big N também diz que, na entrevista, o designer comentou como encoraja os desenvolvedores mais jovens a tomarem mais iniciativa e responsabilidade ao produzir software.

A Wired diz uma coisa, a Nintendo diz outra. Pode ser um grande mal entendido. Talvez só descubramos o que realmente se passa no QG da Big N quando a entrevista completa sair, na semana que vem. De qualquer forma, não é raro alguns veículos de imprensa usarem frases fora de contexto para gerar buzz (lembra do “prazer anal” da Sandy na Playboy?). Algo que eu não esperaria daquela que é considerada a “bíblia da tecnologia”.