Matemática. De acordo com o instituto de estimativas aleatórias do TB, essa é a matéria considerada das mais difíceis por 9 dentre 10 estudantes. Se não tiver mudado muito desde a última aula de cálculo que tive, eu imagino que ela ainda continue bastante complicada nos dias atuais. Hoje o Google lançou uma novidade que pode ajudar os estudantes que estejam passando por um leve martírio na tentativa de entendê-la.

A partir de hoje quem colocar uma equação bem formatada na busca do Google verá na página de resultados também um gráfico representando essa equação. E pode-se usar toda a sorte de funções, constantes e operadores matemáticos, desde potencialização a seno, cosseno, logaritmos, pi e sabe-se lá mais o quê. Só não invente de colocar uma equação polinomial ou símbolos loucos que o Google não consegue interpretar. E obviamente, todas devem ser inseridas em inglês. Veja esse exemplo e esse outro aqui para mais detalhes.

Vale lembrar que o Wolfram|Alpha, ferramenta de busca semântica lançada em 2009, já tinha essa funcionalidade desde que estreou na web e ela consegue ser bem mais complexa por resolver equações polinomiais também. Então de uma certa maneira o Google só está balanceando o seu lado com algo que já foi feito em buscadores. Mas para os estudantes que precisam entender matemática mais facilmente, continua sendo uma mão na roda.