Depois de mais de uma década de debates intensos, os primeiros sites verdadeiros com os domínios .xxx – os endereços porn.xxx e sex.xxx, serviram apenas como teste – deverão entrar no ar às 14 horas (horário de Brasília). A “zona da luz vermelha” da internet foi idealizada em meados da década de 90 por uma empresa chamada ICM Registry, que depois de anos de negociações com o ICANN conseguiu autorização para comercializar endereços com as três letras da discórdia pela web.

A empresa afirma que desde o início dos registros já foram vendidos “mais de 100 mil endereços”, número que deverá dobrar antes do final desde ano. A criação do TLD .xxx foi aprovada no último mês de março e suas vendas foram iniciadas em setembro. De antemão os nomes de 15 mil políticos e celebridades foram impedidos de serem comprados, mas pessoas “comuns” e companhias devem pagar uma taxa única para livrar seu nome do triplo x.

Ainda que seus defensores afirmem que os sites .xxx deverão oferecer maior segurança a pais e responsáveis por criarem uma separação clara entre sites familiares e adultos, a novidade está longe de ser unanimidade entre as indústrias do entretenimento adulto.

Empresas como Playboy e outros sites pornográficos afirmam que o fato da ICM Registry ter exclusividade na venda dos domínios .xxx monta um “monopólio perigoso no centro da internet”. As companhias reclamam dos altos valores cobrados pela ICM por endereços “premium”, além de forçar outras empresas a adquirirem registros defensivos. “Os lucros anuais com esta prática podem render até US$ 200 milhões” disse Fabian Thylmann, diretor de uma companhia adulta, à rede de notícias BBC.

Com informações: SF Gate.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sara Lilly
Phodeu
Maior controle de quem acessa sites eróticos!
Tweener
OH F*UCK! "Endereço 'gay.xxx' foi comprado por US$ 500 mil" (G1) Que tenso, os manolo tão metendo a mão literalmente, e eu aqui pensando em registrar alguns para vender em um futuro bem distante :S Mobilon, vai ter o tecnoblog.xxx? Iria seria muito bom :D, várias gatas com seus Gadgets(não sei quem disse isso em um post) :D -parei
Tweener
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, @TOPIC É bom, agora a pesquisa vai demorar menos, eu vi a chamada e nem li, digitei porn.xxx para ver *-* E FAIL. KK
@bfalquetto
“Os lucros anuais com esta prática podem render lucros anuais de até US$ 200 milhões” São muitos lucros anuais! Ainda bem que não tiraram o U do anuais que aí sim seria digno de .XXX
@erick404
Não entendi pq tanta preocupação com o monopólio dos domínios, afinal nada impede os sites pornográficos de continuarem usando outros TLD
Emmanuel Fotógrafo
É hoje que entra no ar o Google.xxx? \o/ Habemus Fap!
Vinícius E.
Finalmente! E não digo isso porque sou "poeteiro", mas porque acho um tremendo absurdo todo o lobby que foi feito durante tantos anos para que esses domínios entrassem no ar. Os falsos moralistas da ICANN e outros orgãos demoraram a perceber que domínios assim só facilitarão pessoas que querem encontrar pornografia na internet como também ajudar no bloqueio deste mesmo material para crianças. Agora uma coisa é certa, esse monopólio da ICM Registry vai dar merd*
@psyfox
Cade os TLD .fap ?
@CapJSheridan
But it's no fap december D=