Normalmente a coluna “Eu quero“, conhecida aqui no TB por não ter periodicidade definida, abrange gadgets que vemos e queremos ter em nossas mãos para usar, mexer e abusar das suas funcionalidades em geral até que suas baterias se esgotem. Ou ele se autodestrua, o que vier primeiro. Hoje estou abrindo exceção para um jogo de cartas, o CPU Wars, que eu chamaria de Super Trunfo só que com processadores.

Para quem não conhece o Super Trunfo, trata-se de um baralho de cartas com informações detalhadas sobre, em sua maioria, meios de transporte. No caso do CPU Wars são processadores que tem seus itens detalhados, como a velocidade máxima do Clock, ano de lançamento, quantidade de transístores e outros. É brilhante e ao mesmo tempo geek o bastante para te deixar entretido por horas a fio.

O projeto está no Kickstarter, que é um site usado por criadores para que eles expliquem suas ideias e peçam doações para tirá-las do papel. Nesse caso, o CPU Wars só precisa de uma força (US$ 3,5 mil) para sair dos bits e ficar no papel mesmo. E ele já tem mais de US$ 3 mil.

E sim, qualquer um podia buscar as informações das CPUs, fazer o design das cartas e imprimir, mas ninguém fez até agora. E seu idealizador, Harry Mylonadis, já tem tudo pronto, só precisa mesmo da grana para fazer um pedido grande o bastante para a impressão valer à pena. A expectativa de Harry é que o jogo esteja pronto e seja enviado em janeiro do ano que vem. Bem a tempo do Campus Party.

Atualização às 12:30 | O projeto conseguiu agora há pouco os 3,5 mil dólares que precisava para ser tornado realidade. Eu pedi dois desses e pretendo sortear um no Campus Party do ano que vem. Então nos vemos lá! 🙂

Com informações: Gizmodo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@LBKatan
Como disse o marcoscs, um 386 seria uma ótima opção. =D
Bruno Cabral
Meu Note com AMD C-50, o processador de baixíssimo custo da AMD, me surpreendeu, é mais rápido que o "super poderoso" Intel Core I5 no meu irmão O.o
Matheus ­
Eu quero o/
Gb
@marcoscs Eu escolheria o Pentium 1, esse tambem teve uma marca forte, e foi bem marcante para a época.
marcoscs
não necessariamente... eu lembro que tinha um super trunfo de carros antigos e a carta super trunfo, que até tinha uma estrela dourada, não era do carro mais potente ou do mais antigo, era mais um carro ícone que pela importância suplantava os outros, tipo um shelby cobra, por exemplo. Nesse sentido o processador super trunfo deveria ser um que marcou uma geração. Se eu fosse o criador do jogo a minha carta super trunfo seria de um i386.
Vinicius Kinas
Ganha de todas menos das terminadas em A ;)
@EmanuelSchott
Quero nem saber, um Pentium 4 3.2 não vai ganhar do meu Dual Core 1.6 nem aqui, nem na China :D ;D
Gabriel
Vixe, vai dar briga isso, quando começarem a discutir que o Core i7 Ivy-Bridge deveria ganhar do Core 2 Duo com clock maior. :D
Felipe
Garanti o meu tbm! \ü/
Denilson Rocha
Uma das coisas mais nerds que ví nos últimos tempos... Acompanha óculos "fundo de garrafa"? :P
Rafael Silva
Hmmmm... o Intel Core i7 modelo Ivy Bridge, talvez?
marcoscs
Pergunta: qual seria a carta "Super Trunfo", aquela que ganha de todas as outras?
Yangm
Mãaaaaaaaaanhe, tem mais uma coisa que eu vou pedir pra você, volta aqui.
Rafael Silva
Eu já garanti dois! :D
Vinicius Kinas
HAHAHA Que divertido... Já tem até as setas que indicam se o melhor é ser maior ou menor.