Uma vez símbolo da revolução digital, o email está com seus dias contados. Pelo menos esta é a visão de Thierry Breton, ex-ministro das finanças da França e atual CEO empresa de TI Atos.

Segundo informações do WSJ, o executivo, que não envia um único email a seu pessoal “há mais de três anos”, pretende fazer com que a tradicional correspondência digital seja substituída por alguma coisa “mais adequada” num prazo de até 18 meses. De acordo com Breton, seu time gasta “entre 5 e 20 horas” por semana lidando com suas mensagens eletrônicas e que apenas 10% dos 200 emails que cada funcionário recebe todos os dias tem alguma utilidade.

“Não é normal que alguns de nossos funcionários gaste horas de seu dia lidando com emails. Esta ferramenta simplesmente não é mais apropriada”, disse o executivo ao jornal The Telegraph.

Entre as alternativas de comunicação o executivo sugere “alguma coisa parecida” com comunicadores instantâneos ou com o sistema de mensagens do Facebook.

“Nós estamos produzindo dados em uma escala massiva que rapidamente polui nosso ambiente de trabalho e infecta nossa vida pessoal. (…) Estamos trabalhando para reverter esta tendência, assim as organizações estão trabalhando para reduzir a poluição ambiental”, afirmou o executivo em um manifesto batizado de “Zero Email” publicado no site da empresa.

Ainda que seja visto como uma medida radical no mundo sizudo corporativo, pelo menos na França a medida parece ter alguma lógica pelos olhos dos usuários mais novos. De acordo com um levantamento feito no país das boinas e baguetes, apenas 11% dos jovens entre 11 e 19 anos são adeptos do e-mail. Aos curiosos, Brenton está pouco acima desta faixa de idade: tem 56 anos.

Você concorda com o CEO da Atos?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andre
Voce previu o futuro... Ainda esse ano o mercado digital terá uma nova forma de vivenciar emails.... Um programa gratuito revolucionario está chegando... Abs
Felipe
Esse cara ta é viajando.. Esse cara deve ser odiado por muitos de sua empresa. rsrsrs
Marcos de Oliveira
Quem liga pro que ele fala? O "Curriculo" dele ja diz tudo...
Felipe (@FelipeMarinho97)
Ah cara, se ele não quer ler e-mail então vá usar o Twitter, pergunta se 140 caracteres tá bom pra ele?! Mas que cara preguiçoso e chato, rhum.. XD
keeg
"De acordo com Breton, seu time gasta “entre 5 e 20 horas” por semana lidando com suas mensagens eletrônicas e que apenas 10% dos 200 emails que cada funcionário recebe todos os dias tem alguma utilidade." Emails inúteis é culpa do sistema em si? Really?
Turdin
Aham, senta lá Atos.
João Luiz
Isso. Vamos todos usar o IRC e o ICQ.
Paulo Moraes
Não acredito que isto seja tão prático assim, pois como fica a questão das comunicações oficiais? o e-mail até o momento é a unica forma mais segura para um comunicação profissional. Fico imaginando uma empresa que faz comunicação com seus clientes e fornecedores por meio do Facebook ou outra mídia, já imaginou quanta exposição de informação aconteceria? Digo isto pois com certeza muitos tentariam o tempo todo invadir tais canais nas mídias sociais.
@mathgodoy
Também discordo de Breton! Não é nada produtivo substituir o e-mail por mensagens instantâneas, alguns motivos: 1 - Com e-mail você tem um registro completo do assunto discutido, inclusive de arquivos enviados; 2 - O e-mail lhe dá um tempo maior para pensar na resposta; 3 - Mensagens instantâneas tomam mais o seu tempo que e-mail, porque é necessário estar conectado sempre. Se e-mail vai morrer eu não sei, mas sei que Breton não viverá o suficiente para ver isso, porque levará muito mais tempo do que ele imagina.
Vinnicius
E os SPAMS? e as tão queridas correntes? e Aquelas mensagens que os remetentes são tantos que são até maiores que a propria mensagem? e os .ppt? Isso não vai acabar, francês. Sinto muito...
Daniel Henrique
Não concordo, com o CEO da Atos, pois hoje em dia o e-mail é fundamental, hoje não conseguiram desenvolver uma ferramenta superior ao e-mail, de fácil acesso se tem eu desconheço, na minha opinião o e-mail é fundamental na vida de qualquer pessoa. Mais respeito a opinião dele, o que eu acho que ele se equivocou um pouco em falar que esta "Morto", eu acho que se a pessoa não usa é um direito dela, mais não afirmar que está morto.
Robson Silva
Vamos fazer uma enquete.. quem morre primeiro, a Atos ou o e-mail? :-)
Thássius Veloso
Aí eu já não sei porque não lido com anunciantes. Meu contato profissional é mais com representantes das empresas que a gente cobre aqui no Tecnoblog e também com leitores que enviam críticas ou sugestões. Não daria para manter esse tipo de contato por Messenger.
Lucas Ribeiro
Acho a mesma coisa e digo mais, como blogueiro, é preferível que os anuciantes entrem em contato por e-mail, pq, mesmo sem querer, vamos acabar trocando mensagens "informais"… e não concordo com isso. E mais, já não passo mais tanto tempo no meu Msn porque há uma quantidade enorme de pequenos blogueiros que ficam perturbando.
beagle
Email morrer? Esse cara é louco? O que um sistema de mensagens ou messenger vai fazer? eu detesto essas coisinhas.. email muito mais completo e util. Envia a qualquer hora, a pessoa ve a hora que puder ( a pessoa nao precisa ta online) e por ai vai.. email nao vai morrer nunca, tanto é que aumentam cada vez a capacidade e a funcionalidade deles!
Exibir mais comentários