Um dos marcos da governança de Larry Page, que se tornou CEO do Google em janeiro desse ano, é o cancelamento de sites e serviços que não geraram tanta tração para a empresa. Essa atitude começou em setembro com o fechamento ou realocação de sete propriedades do Google e continuou em outubro com mais cinco delas recebendo uma pá de cal ou sendo integradas a outros serviços. Ontem o Google anunciou mais datas para descontinuação de diversos serviços, dando continuidade à limpeza.

O Gears, plugin que permitia o acesso offline a serviços do Google como o Gmail e Calendar, deixa de funcionar no próximo dia 1º de dezembro, por que o foco agora será em implementar essa funcionalidade com HTML5. O Friend Connect encerra suas atividades para sites que não são ligados ao Blogger a partir do dia 1º de março de 2012, o Bookmarks Lists falece de causas naturais no próximo 19 de dezembro (para quem usa o Google em inglês) e o Google Search Timeline bateu as botas ontem mesmo.

Google para Wave: "morre, deabo!"

Já o Wave vai se tornar um museu a partir do dia 31 de janeiro de 2012: essa é a data em que o serviço passa a ser apenas para leitura, com a eutanásia marcada para o dia 30 de abril do próximo ano. O Knol, site que permitia que experts em assuntos criassem artigos especializados sobre o que sabiam, se torna apenas leitura no dia 30 de abril do ano que vem e terá seus aparelhos de suporte à vida desligados em 1º de outubro de 2012.

Por ultimo mas não menos importante, a iniciativa de criar energia renovável mais barata do que usinas de carvão nos EUA também foi deixada de lado ontem. Mas o Google publicou os resultados de pesquisas na área e espera que outras empresas continuem trabalhando em prol dessa causa.

A quais conclusões cheguei depois dessa nova leva de cancelamentos? 1: Larry Page está mesmo levando a sério o realocamento de esforços dos seus funcionários. 2: eu preciso encontrar novos eufemismos para “bater as botas”.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

JaS
A migração para o facebook não se deu somente por "moda". Assim como o uso do Windows e MS Office tem prefencia, não pela facilidade, mas por preguiça do usuario. Afinal é mais facil fazer uso do que ja vem instalado do que procurar ou querer saber se existe algo melhor, o que muitas vezes implica em estudo e aprendizado. È de espantar que o Firefox e o Google Chrome tenha tomado a vez do Internet Explorer. A inteface do Facebook é semelhante ao primeiro orkut. O Google+ é diferente e diria até que a linha do tempo do facebook é semelhante a este. Deu preguiça de aprender a usar o +1, ai migração para outra rede. Os serviços do Google são uteis , mas precisa de uma rede eficiente. Internet movel é lenta, ADSL depende da operadora.
Júnior
Sinceramente, eu acho é que essas aplicações do google nunca começaram a funcionar (obs.: É ironia.)!!! Não sei se sou o único mas não fico sabendo de quase nenhuma destas invenções do Google... eles divulgam em algum lugar?! kkkk
@MisterSanderson
Leandro de Souza tá de parabéns, hein? Tem nojo do XP e aí usa o 7, que é a mesma coisa, mais bonito.
@MisterSanderson
Eu discordo.
@leozacche
Descontinuar o XP é moleza, quero ver matar o ASP (Asp 3 ou Asp Clássico, como queiram...)
@leozacche
- Abotoar o paletó (de madeira) - Juntar os pés - Passar dessa (ou, em "Português Erudito", como diz um amigo, "To pass away") - Esticar as canelas - Bater a caçuleta - Ir para a vala
Leandro de souza
Aquele sistema q tenho nojo?? Por isso uso windows7
@diego_pamplona
Faltou comentar sobre o Google Buzz. Este aí tb já está praticamente no IML... rs
@TatoGomes
Eu não iria ao velório de nenhum deles. Só tinha ouvido falar no Wave, na verdade.
Rodrigo
Vestir o paletó de madeira, ganhar sapatos novos pela última vez...
Rafael
O XP, aquele que será descontinuado?
Leandro de souza
Fodao meu sistema é x64 e aqui nao aparece q ée...
Leandro de souza
Orkut enquanto tivee bom publico no Brasil e na Índia nunca vai ser descontinuado. É como o XP...
@iJeanCarlos
Língua Portuguesa?...Não! Língua Brasileira isso sim,a cada dia absorvendo mais palavras,e isso é bom para termos um identidade cultural.
Marcelo
eu nunca ouvi falar rsrsrs
Exibir mais comentários