Início / Arquivos / Gadgets /

Nook Tablet queria, mas não reproduz vídeo em HD

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Não demorou muito para que a primeira polêmica sobre o Nook Tablet apresentado pela Barnes & Noble aparecesse. Quem levantou a bola foi David Pogue, o colunista de tecnologia do The New York Times. Pogue afirma com todas as letras que a B&N mentiu ao afirmar que seu tablet reproduz vídeo em alta definição. “Bom, adivinhe? Ele não reproduz.”

A lógica apresentada por Pogue é ridiculamente simples. Por HD, atualmente nós temos o 720 e o 1.080p — tradicionalmente chamado de Full HD. Um equipamento que diz tocar vídeos em alta definição precisa apresentar um dos dois números possíveis de linhas na horizontal. Só que o Nook Tablet conta com resolução de 1.024×600 pixels em seu visor de 7 polegadas. Tecnicamente falando, é impossível colocar um vídeo de 1.280×720 pixels nesse visor.

Nook Tablet

O máximo que dá para fazer: redimensionar o vídeo para que ele se encaixe na tela. Com isso, o usuário perde detalhes da imagem, uma vez que pixels estão desaparecendo para que a readequação de tamanho seja feita.

A segunda opção seria cortar o vídeo para que os pixels referentes à resolução do Nook Tablet sejam exibidos, ignorando os 30% de imagem que ficam de fora da tela.

Em resposta ao Pogue, a Barnes & Noble diz que o Nook Tablet é capaz de decodificar vídeo em Flash com 720 ou 1.080p e renderizá-lo no dispositivo utilizando a resolução nativa de 1.024×600 pixels. O colunista, que aparentemente não gostou muito da resposta, insiste em dizer que a rede de livrarias está mentindo, e que o visor do Nook Tablet simplesmente não permite tocar vídeos em alta definição.

A B&N mentiu ou não mentiu? Do meu ponto de vista, anunciar que um produto reproduz HD implica ter a quantidade de pixels necessárias para que esse HD de fato funcione. Não me parece ser o caso do Nook Tablet.

Eu procurei o suporte técnico da B&N para falar sobre o assunto. Eles se limitaram a dizer que o Nook Tablet “suporta os seguintes formatos de vídeo: 3gp, 3g2, mp4, MKV, WEBM, H.264 (Baseline/Main/High profile) de até 1920×1080; MPEG-4 Simple/Advanced Simple profile de até 1920×1080; e H.263”.

O Nook Tablet chegou às lojas estadunidenses na quinta-feira pelo preço sugerido de US$ 250. Dá aproximadamente R$ 445 por um tablet com processador dual-core de 1 GHz e 1 GB de memória RAM. O dispositivo roda uma versão do Android adaptada para as necessidades da B&N. Entre os apps nativos estão Netflix e Hulu Plus.