O anúncio do cancelamento do desenvolvimento do Flash em plataformas móveis pode ter deixado alguns usuários decepcionados, mas para compensar a notícia a Adobe prometeu que continuaria a oferecer atualizações de segurança. A promessa era que a versão 11.1 do plugin seria a última a ser liberada para o sistema Android e o tablet PlayBook, da RIM. Hoje a Adobe cumpriu dita promessa e disponibilizou a atualização.

A nova versão do Flash, no entanto, não serve só para os celulares e tablets. Ela chega para corrigir 12 vulnerabilidades consideradas críticas pela empresa e que estão relacionadas, em sua maioria, a acesso de dados da memória e potencial execução de código malicioso. Por isso o Adobe Flash 11.1 foi disponibilizado para todas as plataformas e pode ser baixado nesse link, para quem tem Mac OS, Linux, Windows ou Solaris. Aos donos de Android e PlayBook, a atualização deve aparecer nas respectivas lojas.

Além de atualizar o Flash, a Adobe também liberou um update para as versões do Air 3.0 para sistemas desktop e Android, também contendo atualizações de segurança apenas.

E é assim que morre o Flash nas plataformas móveis: sem nenhuma nova funcionalidade ou melhoria na estabilidade, apenas correções de segurança. Embora a RIM tenha garantido aos desenvolvedores do PlayBook que ela vai continuar a desenvolver o Flash por conta própria, não há garantias de que ele será tão estável quanto algo criado pela própria Adobe. Então que descanse em paz.