Início » Arquivos » Gadgets » Televisão em baixa na Sony e na Panasonic

Televisão em baixa na Sony e na Panasonic

Japonesas amargam prejuízo com negócio de televisores.

Avatar Por

As japonesas Sony e Panasonic podem estar se preparando para diminuir significativamente sua participação no mercado global de televisores, produto que por muito tempo foi o símbolo da entrada das empresas nipônicas do mercado internacional.

A informação é do site NPR, que afirma que a valorização do iene e a concorrência feroz com as companhias coreanas fez com que a atividade deixasse de ser lucrativa.

Panasonic: 65" de puro prejuízo

Na semana passada as duas empresas, rivais de longa data, anunciaram significativos prejuízos encabeçados sobretudo por suas divisões de aparelhos de TV. A líder Sony registrou prejuízo de US$ 443 milhões no último trimestre, com previsão de encerrar seu ano fiscal com um débito de US$ 2,2 bilhões.

A Panasonic divulgou prejuízo acumulado no ano de US$ 5,4 bilhões, contra estimativas de encerrar seu ano fiscal com o modesto lucro de US$ 348 milhões. Junto da divulgação, a empresa anunciou a separação de suas unidades de chips e de aparelhos de TV, que até o momento deverá passar por uma “profunda reestruturação”, incluindo corte de 48% em sua produção e a venda de uma de suas fábricas a um consórcio formado pela Toshiba, Hitachi e a própria Sony.

Enquanto isso, os planos da Sony para se reerguer incluem fechamento de outras de suas fábricas, demissão de 17 mil trabalhadores, redução de número de modelos e outros cortes de despesas, com previsão de ter algum lucro “pelo menos em 2014”.

“O mercado global atualmente entende que os produtos coreanos têm qualidade e bom preço. Então por que pagar a mais por um equivalente japonês que entrega a mesma coisa?” pergunta o analista Jack Plunkett em entrevista à NPR. “A Sony e Panasonic já têm forte capacidade de engenharia, e para superar este desafio precisarão de criatividade”, encerra.

Mas outros analistas de mercado mostram bem menos empolgação com uma possível recuperação das empresas. “Eles [Sony e Panasonic] estão lutando para combater perda de dinheiro em suas divisões de TVs. Isso mostra que as empresas não mostram mais a inovação que costumavam ter” diz o investidor Mitsushige Akino, à rede de notícias Bloomberg.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luis Adelmo Pinto
30 anos no ramo e afirmo somente restara lg e samsung....pois estas sao as atuais fornecedoras de componentes todas as outras que nao utilizam componentes destas como displays ou placas tercerizam em empresas chinesas com baixa qualidade com poucas peças para reposiçao , inclusive tendo problemas as autorizadas no prazo de garantia..nao sao poucas as vezes em que o "fabricante" ( marca) por nao ter dominio da tecnologia e nem componentes para o reparo no posto autorizado se ve obrigado ao reembolso do mesmo...
Willian
A Sony não tem produtos para diversos públicos quase, são todos produtos que se dizem "premium" mas geralmente não são. Enquanto a LG e Samsung tem produtos para quem tem pouco e muito dinheiro. Com a recessão no Mundo é normal que a Sony tenha grandes perdas e a LG e Samsung ganhem mercado.
Eduardo T.
Não é só o preço, é preço pelo que é oferecido. A Sony, como disse o Pedro mais abaixo, não permite acesso aos tipos de mídia populares de videos baixados, legítimos ou não, provavelmente por causa da Sony Music. Isso obriga os compradores a terem um box separado para assistir videos na Sony, mas não os impedem de continuar baixando filmes. É um controle burro, ineficiente e um critério crítico na escolha da TV. Acompanho o htforum e muitos usuários desistem da Sony por falta de suporte a formatos. Enquanto isso, a LG e Samsung estão pouco preocupadas se o usuário usa a TV para assistir filmes baixados ou material publicitário. Resultado: os usuários ficam felizes e as fabricantes também.
Guilherme
Amg, qual o modelo dessa Samsung?
Marcelo
Mitsushige Akino, falou pouco mais disse tudo! Smart tvs da Samsung e LG são muito mais fodásticas e evoluídas que as da SONY e Phillips..
Rodrigo Fante
Pode ser a longo prazo, mas não vejo sinais disso acontecendo a curto e médio prazo, digamos aí uns 10 anos.
Rodrigo
@roneamabile, um dia isso vai ser a lápide da Apple também...
@TatoGomes
A Sony sempre teve produtos superiores aos demais e sempre foi mais cara também. O problema é que hoje ela deixou de ser imensamente superior para se tornar apenas superior, mantendo os mesmo preços. Aí ficou difícil. Fico triste, pois é uma marca forte e que ajuda a manter a alta qualidade dos produtos.
Turdin
Panasonic realmente é algo que eu não vejo por ai, e sinceramente não compraria. Já os produtos da Sony são muito bons, e eu com certeza gostaria de ter um, mas quando se coloca do lado de um LG não se vê muita diferença ( a não ser no preço )
Jack
A Sony esta indo para o seu devido lugar, não acreditem nessa historia de prejuízo, tem muito falcatrua por traz, o dia que resolverem cobrar um preço condizente com o que entregam venderiam tão bem quanto, e outra, a maioria dos painéis destas TV da Sony são da Samsung. Eu tenho uma Sony Ex705, só comprei porque o painel deste modelo é da Sharp o UV2A, então é isso, ela entrega a produto fabricado por outros a um preço absurdo.
Pedro
Tenho uma LED Samsung que é praticamente um media player: toca mkv, mkv 3d, som DTS, arquivos em NTFS...Enquanto que as TVs Sony lêem Divx e em alguns casos não reconhece legendas .srt, um dos formatos mais populares. Fora isso a Sony ainda vive no passado, achando que só o nome Sony justificaria pagar 20% a mais do que um coreana.
Rodrigo Fante
Exato, e ao contrário da Apple eles não tem o fator "marca premium", é uma marca forte, reconhecida, confiável, mas é como uma chevrolet, enquanto a Apple é mais como uma Ferrari, boa, mas além disso ainda tem status, claro, exageros a parte.
ricardo
A verdade é que o mercado para esse tipo de produto tende à estagnação, e quando isso acontece é normal que sobrevivam apenas os fabricantes que oferecem os preços mais baratos. Em resumo, televisores não são exatamente a aposta tecnológica do futuro, e a redução nas vendas é inevitável.
Vinicius Kinas
Tinha uma dessa lá em casa antigamente, mas de 29". Ela estragou de vez quando minha mãe deixou cobertores em cima dos buracos de ventilação. :D
Ramon Melo
A Sony não têm produzido nada essencial ao mercado mesmo, embora a presença dela faça com que a concorrência se esforce um pouco mais. Já a Panasonic não pode desistir do mercado! As melhores TVs comerciais são dela, é só comparar os modelos top de linha (plasma com 3D) com os da Samsung/LG.
Exibir mais comentários