Início » Arquivos » Internet » Google+ dá as boas vindas para empresas

Google+ dá as boas vindas para empresas

Avatar Por

As porteiras do Google+ estão abertas agora para empresas. Nessa segunda-feira o Google informa que pessoas jurídicas finalmente são aceitas na rede social que deve substituir o Orkut com o passar do tempo (embora eles mesmos neguem essa informação). O Google+ Pages foi liberado e deve aparecer para os usuários muito em breve.

Vic Gundotra, VP de Engenharia do Google, publicou um artigo no blog oficial da empresa no qual comenta o lançamento do Google+ Pages. Gundotra argumenta que até o presente momento a rede social estava focada nas relações entre pessoas. Por isso que não podia adicionar empresas, muito menos adotar pseudônimos e afins. Etapa concluída, chegou a hora de estimular a relação das pessoas com firmas comerciais.

Google+: ferramenta para criar página corporativa. (Clique para ampliar)

A bronca era grande. Diversos perfis de empresas foram apagados logo que o Google+ estreou, faz alguns meses. Ainda não havia a proibição de pessoas jurídicas por lá. O que os usuários corporativos esperavam era algo similar às páginas do Facebook, que permitem que empresas criem relacionamentos junto a seu público-alvo. As páginas do Google+ funcionam de forma bastante similar.

Para criar uma página na nova rede social do Google é preciso entrar nesse link e seguir o passo a passo. Alerta: o recurso não está disponível para todos os usuários. Eu mesmo não consegui abrir a ferramenta para criar nova página (mesmo usando o Chrome). Já o Rafa, editor do TB, conseguiu com sucesso abrir a ferramenta depois de pular do Firefox para o Chrome.

Não, não pode não. (Clique para ampliar)

Por sinal, o Google+ enquadra a atividade “blog” dentro de Artes, Entretenimento e Esportes. Deviam ter adicionado “mídia” a essa mistura para que as coisas fiquem mais claras.

Algumas empresas aparecem na inauguração oficial de páginas corporativas do Google+. É até melhor assim porque os usuários vão se acostumando com perfis do tipo feitos por profissionais. A Toyota estadunidense, por exemplo, ainda não compartilhou absolutamente nada. Ao lado do nome da empresa aparecem duas insígnias: a primeira informa que a conta foi verificada pela equipe do Google+; a segunda quer dizer que se trata de uma página empresarial.

Página da Toyota USA no Google+

Assim como em perfis de pessoas físicas, as páginas para empresas podem ser adicionadas a círculos de usuários. A partir daí o internauta acompanha o que determinada marca, produto ou companhia compartilha na rede social. O mesmo vale para quando a empresa der +1 em resultados de busca do Google, que vão aparecer também para quem a adicionou como “amigo” na rede.

Aproveitando o lançamento das páginas empresariais, o Google também informa sobre um novo atributo do buscador. Na próxima vez que você entrar na busca do Google, coloque “+” seguido do nome de um produto ou serviço. Caso ele exista dentro do Google+, a empresa vai automaticamente te levar para esse perfil. Eu fiz o teste por aqui e não consegui testar o recurso. De qualquer forma, abaixo tem o vídeo de divulgação do recurso. Ele se chama Direct Connect em inglês.


(Vídeo do YouTube)

As páginas do Google+ para empresas têm quatro classificações possíveis de conteúdo: livre; para maiores de 18 anos; para maiores de 21 anos; e relacionados a bebidas alcoólicas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Xandy
\o> Eu consegui:> https://plus.google.com/104426510425237899376
Marcelo
como dizemos nos jogos GG !
Marcelo
( ) 6 meses () 1 ano (x) 2 anos ( ) O mais breve possível Esse lance de convite, limitar usuários etc não ta com nada.. por isso o facebook explodiu qualquer um pode se cadastrar sem discriminação de cor/raça/idade/entidade etc... G+ entra pro Google #Fails
Bruno
E o Google corrige um erro que matou o Orkut. Imaginas aquelas comunidades aliadas com o conceito de fan page do Facebook e do Google +...
@Ronyan_
orkut morreu faz tempo. '-'
Yangm
CTRL+SHIFT+I Liberando conteúdo, links protegidos e muito mais.
Cassiano
eu consegui!! https://plus.google.com/110958725324720420505 :)
Ramon Melo
O Brasil é um dos poucos países onde a maioridade total é alcançada aos 18 anos. A maioria dos países desenvolvidos adotam uma maioridade gradual. Por exemplo, nos EUA só é possível tirar carteira de motorista aos 16, comprar jogos violentos aos 17 e comprar bebidas alcoólicas aos 21 anos. Se não me engano, é proibido exibir pornografia na web para menores de 21 anos também, mas aí já não tenho certeza.
Kadu
Não dá para criar URL personalizada não (estilo plus.google.com/toyorausa)? :(
marcelobaidu
O Problema é a fidelidade dos usuarios , os mesmo falam "pra q vou usar o Bing se ja us o Google ?" , ninguém quer começar desdo começo novamente, ou usar um produto que não conhece, existe outros exemplos de fidelização ou monopólio mesmo como ocorro na televisão brasileira , apesar de sempre ter alguns que preferem experimentar coisas alternativas, por curiosidade ou por está "enjoado" do mesmo sempre e todos os dias '-'
fabiano ?
Rapaz eu estou viciado no Google+ :(. Apesar das semelhanças com o Twitter e Facebook, ela é diferente, a maneira de compartilhar parece que tem uma mágica. Particularmente, o G+ tem potencial de se tornar a segunda ou a maior rede social da internet. Ainda bem que este comentário vai ficar aqui gravado, e poderei rir muito de quem pensa ao contrário. rsrsrs O Facebook foi puro marketing. Não ve o filme "A rede social" lançada no Brasil? Depois do filme a rede recebeu um pico de users brasilians intenso. Eu adorava o Facebook, mas o G+, cara, é muito viciante mesmo. Abro toda a hora para compartilhar conteúdo, verificar notificações, tirar um som com os amigos no hangout... estou usando muito pouco o Twitter, MSN e Skype por causa do G+... #tenso
Rodrigo Fante
Fiz isso aqui, funciona para liberar os formulários, porém, na hora de submeter o formulário ele dá erro ao criar a página, não são tão bobos quanto parecem.
Sr. Sem Papo
Em alguns países maioridade é só para +21.
Bh
Tem países que "maior de idade" é com 21 anos, e não com 18.
Bestknighter
Concordo com gênero, número e grau! Se o Google+ tivesse chegado um antes do boom mundial do Facebook, ele provavelmente estaria à frente.
Exibir mais comentários