O Google divulgou nesta terça-feira a atualização do seu já tradicional relatório transparência, em que lista as variadas solicitações judiciais recebidas de governos de diversos países. A atualização, relativa ao período entre janeiro e junho de 2011, lista mais uma vez o Brasil como líder do ranking de países que mais fizeram pedidos de remoção de conteúdo da rede, com 224 pedidos solicitando a exclusão de 689 itens.

Destes, 9 dos pedidos foram relativos à exclusão de 50 itens do mecanismo de buscas, 32 pedidos para remoção de 154 vídeo do YouTube, 38 pedidos para remoção de 100 itens do Blogger, 2 pedidos para exclusão de 2 contas do Gmail e remoção de uma página do Google Sites. Já o Orkut, como de hábito, foi o grande líder de dores de cabeça para o gigante de Mountain View, com 57 requisições para exclusão de 380 itens. Do total, 67% dos pedidos foram atendidos pelo Google.

Desta maneira, o país ficou à frente da Alemanha e EUA em números de pedidos, que completaram o pódio de países com maior número de requisições com 125 e 92, respectivamente. Se serve de consolo, a Alemanha pelo menos foi a grande líder na quantidade de itens a serem removidos da web, com 2.405 solicitações, à frente de Noruega e EUA (1.815 e 757), com o Brasil na quarta colocação.

“Acreditamos que oferecendo informações detalhadas estejamos a ajudando a reforçar a importância de se modernizar leis como o Artigo de Comunicações Eletrônicas dos EUA, escrito há 25 anos e antes de que qualquer pessoa média sequer tenha ouvido falar em e-mail.”, afirmou Dorothy Chou, analista sênios de diretrizes do Google no blog oficial da companhia.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcelo
224 Chatos fazendo 689 coisas erradas. essa foi a sensação que tive!
Gaius Baltar
Vc leu, ouviu ou viu alguma piada? O cara simplesmente falou uma baixaria, dizendo que comia ela e o bebê. Isso não é uma piada é simplesmente uma baixaria. A não ser que ele estivesse falando literalmente em comer a mulher e o bebê. Seria então uma piada sem graça, mas uma piada. Ele falou o que um idiota qualquer falaria numa mesa de bar, depois de ter tomado várias. Só que não se apercebeu (?) que estava em rede nacional.
@AntonioVeras
Se o fizessem, seriam excluídos 95% do público do Orkut.
Rodrigo
Excelente artigo, Guilherme!
@AntonioVeras
Não vou com a cara do cara e muito menos com a cara dela. Achei bacana a posição do programa. O custo foi muito grande para que eles pudessem tomar alguma atitude em defesa do parceiro. Para mim o programa caiu muito no meu conceito, pois custe o que custar, ele deveriam fazer algo, mesmo que as piadas fossem de mal gosto altamente discriminatórias. Fazer o que né? Mexeu com dinheiro a porca torceu o rabo.
Guilherme Macedo C.
Tem uma matéria muito interessante na Carta Capital fando sobre isso: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/o-humor-do-coronel
Rodrigo
Humorista atualmente é aquele que ri da tua cara, te chama de otário e ofende a tua mulher? No meu tempo, era quem contava piadas inteligentes e saia aplaudido da cena.
Rodrigo
É que aqui no Brasil, o Google só dá atenção às reclamações com uma ordem judicial do lado...
7megas
Por que nao remove o conteudo de bandas como Restart , Luan Santana , Fiuk e Justin Bieber???
Guilherme Macedo C.
Mas dizer que mulheres deveriam agradecer por ser estuprada ou chamar Fábio Assunção de traficante... isso não é um humor ofensivo pois não é humor.
Gabriel
Nossa... Imagina o brasil sem o google ? oaksoaksoaksoak
Rodrigo Fante
Pode não ser o tipo de humor que você gosta, mas é humor, e sendo humor é potencialmente ofensivo, cite uma piada não ofensiva por favor. Eu não gosto do cara, tão pouco da piada em questão, mas nem por isso quero censurar ele, sei conviver com a diferença.
@glileaks
se querem privacidade n sei pra que ainda usam orkut
Gustavo Rodrigues
É impressionante, o Brasil lidera todo relatório do Google, seja bom ou ruim kkkkkkkkk
@Ronyan_
Se fosse igual a China, nada disso estava acontecendo. (:
Exibir mais comentários