Início / Arquivos / Aplicativos e Software /

Adobe Reader se rende ao iOS

App grátis para iPhone, iPad e iPod Touch permite visualizar documentos em PDF.

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Amor e ódio, assim podemos definir a situação entre Apple e Adobe. A segunda anunciou nessa segunda um novo aplicativo para iOS: o Adobe Reader, que passa a funcionar nos iDevices com a marca da maçã na traseira. Sendo criadora do PDF, a gente podia imaginar que o app para leitura de PDF deles é melhor que os demais — que o da própria Apple, inclusive. Bom, as coisas não são bem assim.

O Adobe Reader (App Store) oferece os recursos mais básicos de um leitor de documentos em PDF. A exibição das páginas é feita de forma contínua (uma embaixo da outra), página única (uma ao lado da outra), e automático (que eu ainda não entendi direito como funciona).

Adobe Reader no iPad

A pesquisa também funciona aparentemente bem. Depois de colocar o termo que eu quero procurar no documento, o Adobe Reader automaticamente mostra um deles, com as palavras destacas. No rodapé do app aparecem botões para avançar e retroceder entre os demais resultados para a pesquisa.

Assim como no iBooks (App Store), o app oficial da Apple para leitura de livros digitais, o Reader da Abobe no iPad permite enviar o documento em visualização como se fosse um anexo. Segundo a companhia, ainda dá para marcar as páginas mais importantes, mas eu ainda não descobri onde exatamente esse recurso está.

Enfim, trata-se de um aplicativo que faz tudo aquilo que o iBooks faz. Por que baixá-lo? Porque ele lê documentos criptografados. Só que o concorrente da Apple também faz isso.

O que ficou faltando no app: pelo menos uma forma de adicionar anotações e destacar os trechos mais importantes do texto apresentado. Aposto que seria um recurso matador para estudantes e gente que lida com muita documentação (eu!).

Use o iTunes para adicionar PDFs ao Adobe Reader

Enfim, o Adobe Reader é um app gratuito com pouco menos de 6 MB. Cumpre as mesmas funções do iBooks. Fica a seu critério fazer o download ou não. Eu confesso que não vi muito sentido em tê-lo no meu iPad.