Início / Arquivos / Legislação /

Apple barra Galaxy Tab na Austrália e pode impedir mais Androids de serem vendidos

Rafael Silva

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A disputa de patentes entre a Apple e Samsung atingiu essa semana mais um ápice. Com uma nova decisão liberada ontem pela corte australiana, novamente favorável à gigante da maçã, a Samsung continua impedida de vender o seu mais novo Galaxy Tab 10.1 com Android Honeycomb no país. Mas a patente que causou a decisão dessa vez envolve heurísticas de uma tela sensível ao toque e é tão ampla que pode impedir a venda de outros smartphones Android.

A venda dos Galaxy Tab 10.1 já estava impedida na Austrália há algum tempo, mas a Samsung continuava a tentar negociar a suspensão de uma espécie de liminar determinando essa proibição. Agora uma nova liminar foi expedida, dessa vez mais abrangente e que impede a comercialização desse tablet até que o processo esteja resolvido. E se a Apple quiser, pode usar essa nova liminar como precedente para impedir que novos aparelhos (tanto smartphones quanto tablets) com Android sejam vendidos no país.

Ao que parece a Samsung tem duas alternativas aqui: ou tenta um acordo com a Apple para licenciar tais patentes e resolve isso de uma vez por todas ou esquece a Austrália como um mercado viável para comercialização de gadgets Android. E vendo até onde essa disputa chegou, não duvido que a sul-coreana passe a fingir que a Austrália não existe no mapa, ao invés de tentar um acordo amigável.

A patente em questão, aliás, foi registrada no nome de ninguém mais ninguém menos do que o próprio Steve Jobs. Possivelmente o primeiro caso de ajuda legal póstuma que ele dá à sua empresa.

Com informações: FOSS Patents.