Somente duas semanas depois de anunciar a versão internacional do Kindle, a Amazon descontinuou hoje a versão vendida exclusivamente para usuários nos EUA. De agora em diante, americanos somente poderão comprar a versão internacional do aparelho – agora vendida por 20 dólares a menos – para usar dentro do país. O novo Kindle conta com acesso à rede da operadora AT&T no lugar da rede da Sprint, usada na versão anterior e que passou a figurar apenas no ‘irmão maior’ do aparelho, o Kindle DX, que continua sem atualizações no hardware.

Além da mudança na venda do leitor, a Amazon anunciou hoje o Kindle para PC, um aplicativo gratuito que a empresa planeja lançar e que permitirá que qualquer pessoa (indiferente se tenha o Kindle ou não) compre e leia livros na loja online do Kindle. Quem já tiver o Kindle, poderá sincronizar o programa com o aparelho para poder ler no computador os e-books já comprados.

Screenshot do Kindle para PC

Screenshot do Kindle para PC

O aplicativo, no entanto, não será o primeiro liberado pela empresa com esse propósito. O Kindle App para iPhone já existe faz algum tempo e também é gratuito. Na versão para o celular da Apple, entretanto, não é possível comprar e-books direto do aplicativo. A empresa não revelou se pretende criar uma versão do programa para Mac OS X. [Engadget / CNET]

[Atualização, dia 23/10, às 19:23]: Os Mac users, invejosos, fizeram tanto barulho que a Amazon foi praticamente obrigada a anunciar que eles também terão uma versão do Kindle para PC. No caso deles, vai ser Kindle para Mac. Satisfeitos?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo
Melhorou. Quem já tem netbook, tablet ou bugigangas do gênero, não precisa comprar mais um aparelho relativamente caro para o que se propõe.