Início / Arquivos / Internet /

SlideShare desiste do Flash

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Mais uma baixa no time dos que apoiam o Adobe Flash. Em grande estilo, o SlideShare lançou seu novo site com direito a muito menos players com a tecnologia tão criticada pela Apple. Em vez do Flash, o SlideShare dá vez para o HTML5, que vem se fortalecendo como padrão aberto para as mais diversas aplicações na web.

Desde ontem, todos os arquivos enviados para o SlideShare — em especial as apresentações em formato de PowerPoint, da Microsoft — passam por um sistema de renderização diferente. O que antes dava origem a um arquivo baseado em Flash agora converte imagens, textos, texturas e tudo mais que tem num PPT (e afins) para os elementos básicos previstos no HTML5.

De pronto, todo o conteúdo do SlideShare está acessível a qualquer dispositivo móvel rodando um navegador moderno. Excelente para quem tem iPhone ou iPad porque a Apple, como você já sabe, não suporta e não tem qualquer intenção de suportar o Flash em seus dispositivos.

Outra vantagem da mudança é que o conteúdo antes em Flash torna-se indexável pelos buscadores, um prato cheio para aparecer em mais resultados de pesquisa do Google, Bing e seus pares.

Confira abaixo uma apresentação inserida nesse artigo graças ao HTML5.

Slideshare is html5 now
View more presentations from Amit Ranjan

Minha experiência com o SlideShare totalmente em HTML5 não foi das melhores. Talvez porque o http://www.slideshare.net/html5que eu uso não está habilitado para usar a GPU no processamento dos gráficos, talvez porque este notebook utiliza a tradicional e simples Intel HD Graphics — o que importa é que a exibição dos textos ficou serrilhada, deixando a desejar. Algo me diz que em Flash isso não aconteceria.

O SlideShare afirma que a transição vai desafogar os servidores. O tamanho dos arquivos tende a cair 30%, enquanto o tempo de carregamento das páginas foi reduzido em 40%.