Início / Arquivos / Celular /

Malware para Mac finge ser arquivo de instalação do Flash

Rafael Silva

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O campo de malwares que miram especificamente em usuários do Mac OS X parece estar ganhando cada vez mais concorrentes. Embora nem todos sejam eficientes, a quantidade e a velocidade com que eles estão surgindo já começa a chamar atenção. O mais recente foi descoberto hoje pela empresa de segurança Intego, e trata-se de um arquivo malicioso que se aproveita de uma lacuna dos novos Macs para enganar usuários: a ausência do plugin Adobe Flash.

Com a liberação de um novo MacBook Air em outubro do ano passado, a Apple anunciou também que todos os novos Macs seriam vendidos sem o plugin do Flash pré-instalado, algo que já era comum nos produtos da Apple até então. Sabendo disso, alguém criou uma versão falsa do instalador do Adobe Flash que está circulando na web, de acordo com um post no blog oficial da Intego. Os sites vão exibir o aviso “Flash must be installed” e vão requisitar que o usuário baixe e instale o pacote.

O malware foi batizado de flashback.A e executa uma série de operações maliciosas no computador da vítima, dentre elas desativar certos programas de segurança de rede e instalar uma biblioteca dyld, que permite a injeção de código em aplicativos abertos pelo usuário. A recomendação da Intego é, além de instalar o próprio anti-vírus deles (espertinhos!), baixar o Adobe Flash sempre do site da Adobe e desmarcar a opção “Abrir arquivos seguros depois de baixar” no Safari. Ou seja: ser um usuário cauteloso.

Já temos um malware que finge ser PDF e agora temos um que finge ser o Flash. Seguindo a lógica, não duvido que o próximo seja um malware se disfarçando de Silverlight, algo que provavelmente vai afetar aqueles que querem assistir vídeos do Netflix.

Com informações: The Nex Web.