Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou hoje durante a conferência f8 uma nova funcionalidade da rede social mais usada do mundo. Chamada de Timeline, a página vai ser uma tradução literal dessa palavra em inglês: uma linha do tempo (e espero que eles usem essa tradução na versão oficial também). Ela vai servir para que membros do Facebook mostrem tudo que já aconteceu de importante na vida deles, desde a infância até os dias atuais.

Capa da Timeline | Clique para ampliar

Zuckerberg chama a Timeline de “a história da sua vida”. Ela vai ser composta de “todas as suas histórias, todos os seus aplicativos e vai servir para expressar quem você é”. A parte superior, chamada de capa, vai conter uma imagem escolhida pelo usuário enquanto que no resto da página, dividida em duas colunas, estarão os registros de histórias daquele usuário.

Suas histórias na Timeline | Clique para ampliar

O preenchimento da Timeline vai ser automático, baseado nos acontecimentos importantes do perfil de um membro no Facebook, como uma nova foto, um mudança de relacionamento ou um novo trabalho. Ele vai poder, no entanto, esconder ou destacar certas atualizações que achar que não devem aparecer publicamente, assim como já acontece no perfil.

Outra parte que vai servir para preencher os brancos da linha do tempo serão os aplicativos. Certos sites e programas, como o Netflix ou o Nike+ para iPod, ao serem integrados com o Facebook poderão enviar suas atividades automaticamente para lá. Se um usuário assistir a um filme, por exemplo, ele automaticamente será publicado.

Ainda não sabemos se a linha do tempo vai tomar o lugar do perfil atual ou vai servir como complemento dele. Mas ela não está disponível publicamente agora. Saiba um pouco mais sobre essa funcionalidade nessa página.