Início » Arquivos » Brasil » iG de cara nova (entrevista)

iG de cara nova (entrevista)

Avatar Por

Ele certamente está entre os meus portais de internet preferidos. Talvez seja o preferido — isso não importa. O iG colocou no ar em plena quarta-feira a nova interface para a sua página inicial, que a partir de hoje se torna a casa de milhões de internautas brasileiros que abrem o navegador e dão de cara com os destaques do portal.

Fruto de um trabalho intenso na parte gráfica, o novo iG está mais leve. Destaques maiores, texto grande para aquilo que merece a nossa atenção e várias vitrines (aqueles destaques que rolam, como na capa do TB) são alguns dos pontos positivos do novo layout.

Cara nova do iG | Clique para ver maior

O menu superior do iG ficou mais completo. Ao passar o cursor do mouse, novas opções aparecem para que o internauta tenha uma navegação mais completa. Caso queira, ele pode acessar canais ou subcanais e ir diretamente ao que interessa (por exemplo: em vez de clicar em “Economia” para, depois de carregar o canal Economia, clicar novamente e abrir o canal de agronegócio, agora dá para fazer esse caminho a partir da homepage.

Também fiquei feliz de ver que os infográficos campões do iG ganharam uma seção especial na capa do site. Eu já conheci o departamento que faz a arte do iG — você também, visto que publiquei um especial de bastidores sobre o assunto por aqui — e posso dizer que ali há uma equipe realmente empenhada em trazer boa informação de forma simplificada para o usuário brasileiro.

Alguns ajustes ainda precisam ser feitos. Por exemplo, o auto-refresh de menos de 3 minutos que o Cris Dias fez questão de criticar no Brainstorm 9. É muito pouco tempo para recarregar a página.

Conheça todas as novidades da capa do iG nessa reportagem especial publicada por eles mesmos.

“Não há menos publicidade na home”

Mais do que noticiar o assunto, eu fui direto na fonte. Acompanhe abaixo entrevista com Daniel Santiago, designer de experiência de usuário e responsável pela nova capa do iG. Ele nos conta detalhes interessante sobre as recentes mudanças.

Qual é a principal diferença da home antiga do iG para a nova?

Há mais ou menos um ano, começamos um intenso trabalho de reestruturação dos novos canais juntamente com a criação de uma nova identidade visual que identificasse que o usuário está navegando pelo mesmo ambiente, melhorando assim a experiência e a navegação entre os sites.

Na nova home, um dos principais objetivos foi trazer toda essa experiência adquirida e aplicá-la à principal e mais acessada página do iG. Além da reestruturação visual, o novo design favorece mais o conteúdo e aposta nas ferramentas e serviços que na versão antiga estavam com pouco destaque. Vídeos e infográficos contam também com espaços exclusivos na página.

iG: canais e subcanais no mesmo menu

Tenho a impressão de que há menos publicidade nessa nova home.

Não há menos publicidade na nova home; o que houve foi apenas uma reorganização do inventário.

O mercado de publicidade na internet, que “antigamente” era considerado como complementar aos anúncios de revista, TV e/ou rádio, agora ganham status de personagem principal e cresce à passos largos, ainda mais com a chegada em massa das classes C e D no tal mundo virtual.

No iG, há um estudo permanente de novas formas e espaços que possam atender ao anunciante. Estamos buscando o equilíbrio entre usabilidade e publicidade, testando mais nossos sites e desenvolvendo formatos mais eficientes.

Qual é a importância dos infográficos com acesso rápido na capa do iG?

Com a nova área exclusiva, os usuários terão acesso direto aos novos infograficos. É uma forma rápida de expor nosso conteúdo visual, permitindo tambem que os usuarios possam interagir com todos os infográficos do iG.

Pelo menos o iG e um outro portal adotaram esse visual considerado minimalista. Essa é uma tendência global? De onde vem isso?

É um design modernista, baseado em uma estrutura de grids que vem ganhando cada vez mais força na web. É uma tendência que os sites tenham uma estética mais funcional, visando a facilidade de uso e o transporte da informação. Com o grande volume de informação que somos bombardeados todo dia e com o pouco tempo que temos para assimilar tudo issso, é imprecindível – principalmente para grandes veículos — ter uma comunicação clara e objetiva com o usuário.

Quem passa a mensagem antes, sai na frente e para isso, o visual deve favorecer o conteúdo e não disputar atenção com ele.

Atualização – 22.09.2011 às 01h56 | Eu havia escrito anteriormente que a quantidade de publicidade havia diminuído na nova versão da página inicial. Não é o caso.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

JORGE
NÃO GOSTEI DO NOVO VISUAL DO E-MAIL DO IG. BASTANTE OPACO E SEM GRAÇA. O ANTERIOR ERA MAIS VISÍVEL E MELHOR DE SE VER
Jubiraci Teixeira
Incrível, não estou conseguindo acessar meu email pelo portal IG. Estou sem uma informação precisa do que está ocorrendo.
Caio Furtado
Mudou o que¿
Turdin
Auto refresh realmente é pra morrer. E já vi pessoas que colocam isso em sites com comentários, você está lá escrevendo e pff... RAIVA
Rafael Pradella
Eu acharia mais justo comparar o G1 ou o Terra com o AOL. UOL não é lá um exemplo de nada. E pessoalmente prefiro o Terra/G1. O AOL não diferencia muito o conteúdo pela categoria.
Thássius Veloso
Tem o selo de "publieditorial" no topo do texto? Então não é publieditorial. Simples assim.
RaphaelDDL
Também não consigo ver.. Se vc falasse "O R7 ficou muito parecido com o G1", eu ia concordar - por causa do uso de cores por editoria - mas o iG com G1, nah.
@glileaks
n é querer falar mas n achei muito criativo n , tem nada de "inovador" , so falta agora o R7 "Clona" o ig novamente e n custava botarem um feedback perguntando o que os usuários acharam
@glileaks
me desculpa a sinceridade ,m as os portais brasileiros , chegam nem aos pés do portais americanos em termo de UX , compre Aol.com com UOL.com.br , veja a diferença -.-' , o iG é bunito , clean e n vi nada parecido com o g1/Globo ai
RaphaelDDL
Uma coisa que não gostei é o tanto de info que tem na home.. Tenho que usar o scroll muitas vezes para chegar no final oO
RaphaelDDL
Faz tempo já.
Claudio H.
Nossa, não sabia que alguem usava esse Yahoo...
@michelblopes
O IG já teve seus dias de gloria também, mas acho que pouco ele vai perdendo espaço. Agora ele é da Oi, não?
Bruno
Ainda não consigo achar a diferença da versão antiga ._.
vinnicius
Eu pensei que era o R7.
Exibir mais comentários