Anunciado sem muito alarde no último mês de maio durante a conferência Google I/O, o Google Wallet iniciou suas atividades nesta segunda-feira (19) nos EUA. O serviço está disponível apenas para o seleto grupo de proprietários do smartphone Nexus S 4G da operadora norte-americana Sprint.

Tal tecnologia só é possível graças ao sensor NFC – ou Near Field Communication, chip que permite trocas de dados sem fio entre dispositivos que estão apenas a pouco centímetros um do outro – que existe no aparelho, que deve estar atualizado para a última versão do Android disponível para o telefone para ser habilitado.

De acordo com o Google, as bandeiras American Express, Visa e Discover já são compatíveis com o novo serviço, que agora se somam ao Citi Mastercard que já participava dos testes internos da tecnologia. Aos que estão preocupados com possíveis falhas de segurança, o gigante da web afirma que as informações do cartão de crédito ficam armazenadas em um chip dedicado, o que significa uma proteção a mais contra acesso não-autorizados de programas mal intencionados. Além disso, os novos cartões têm limite de apenas US$ 100 até que seu usuário se sinta mais seguro e amplie seu limite.

Para divulgar o novo serviço, o Google divulgou um vídeo promocional do Wallet, em que usa como base um episódio clássico do seriado Seinfield. Confira:

(Vídeo do YouTube)

Com informações: The Next Web.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Everton Cesario
Seria legal se as empresas Visa e Mastercard no mundo inteiro disponibilizasse para todo ou qualquer estabelecimento que já são seus parceiros a aceitação do Google Wallet, ou pelo-menos super mercados ou grandes lojas, já seria um bom começo. Ainda sim acho que é uma ótima ideia, o Google sempre na frente. Parabéns, mais só uma observação, aliás, piada: Será que isso chega até a copa do mundo 2014 no Brasil? Duvido muito... Abraço!
Vinicius Kinas
Vejo futuro nessa tecnologia, e tenho esperanças que se espalhe. Mas se considerarmos que aqui no Brasil ainda temos milhares de estabelecimentos que não aceitam cartão de crédito, minhas esperanças de usar isso em algum tempo próximo quase se anulam.
Vinicius Kinas
O processo é simples. O caixa configura a cobrança, você passa o celular perto, e digita o PIN pra ver o valor e confirmar a operação. Em termos de usabilidade, é igual ou mais eficiente que usar o cartão de crédito com senha. E ainda assim, é apenas o começo da tecnologia.
Yangm
...rouba smartphones!
Yangm
COMBO TROLL 2X
@AntonioVeras
Puts! Antigamente o celular só servia para falar, hoje ele faz: Fotos Música Vídeos E-mail Internet GPS Fico imaginando como eu estaria andando hoje sem um celular que fizesse isso. Estaria andando com um Tijorola, um Walkman, uma Polaroid, uma JVC e um Notebook. E você ainda não vê muita usabilidade nisso? Daqui a pouco nem com carteira eu vou precisar sair de casa. Isso será o máximo.
@AntonioVeras
Acho que bandido que saber acessar o "root" de um Android não rouba celulares. :D
Gaba
Não vi muita usabilidade... a não ser que ele faça tudo sozinho ( o que seria um motivo enorme para roubos ), não é legal ter que tirar o celular do bolso pra digitar a senha e passar sei-la onde... já faço isso com meu cartão...
sambarboza
E que tal você ativar o bloqueio automático do seu celular? Não é todo ladrão que sabe como conseguir "Root" em um Android. Até lá você tem tempo pra bloquear os cartões e/ou até rastrear seu celular. E creio eu que o aplicativo será protegido por senha.
Bestknighter
@Thiago Mobilon Bem lembrado... Ah, já sei! Orelhões! [url=http://tecnoblog.net/59183/orelhoes-podem-estar-com-os-dias-contados/]Oh Wait... [/url]
Bruno Morais
Usando a tecnologia NFC você pode habilitar um código PIN que autoriza as transações. Mesmo que qualquer pessoa pegue seu celular, precisará saber o PIN para efetuar transações. Essa tecnologia já é usada a muito tempo no Japão, sendo que como cartão de crédito para metrô. A pessoa passa a celular no local indicado na cancela eletrônica e ela recebe o pagamento. Isso é futuro, vão se preparando.
Thiago Mobilon
Exceto pelo fato de que, como o seu celular foi roubado, você não terá um telefone para ligar e mandar bloquear o "cartão". :P
Rafael Silva
Then you're screwed. :P Mas sério, deve ser o mesmo processo de cancelar cartões de crédito ou avisar de furto/roubo nas operadoras, eu imagino.
Athos Castro Moreno
E se roubarem o celular, comofas?