A Adobe anunciou hoje a versão 4.5 do Flash Media Server, ferramenta que é oferecida a conglomerados de mídia que fazem transmissões de vídeo para a web. Essa atualização não é direcionada a consumidores finais mas eles vão perceber o impacto, principalmente se usam algum dispositivo móvel da Apple: a atualização do produto traz, dentre outras coisas, o suporte para o iOS.

Isso quer dizer que aquelas empresas que fazem streaming de vídeos na internet poderão, finalmente, oferecer o conteúdo transmitido a dispositivos como o iPhone, iPod Touch e iPad. Algumas já ofereciam suporte por meios alternativos, mas com a atualização do Flash Media Server eles poderão usar apenas um meio de streaming e deixar que o software da Adobe se vire para descobrir qual é a plataforma do usuário e qual codec de vídeo enviar.

Ainda não vai ser agora que os joguinhos ou animações em Flash no iPhone, já que esse produto parece ser específico para transmissões de vídeo. Mas é um progresso notável, considerando que até hoje só era possível ver conteúdo em Flash por meio de jailbreak ou um aplicativo de terceiros que fazia a conversão em servidor próprio. A Apple até tentou trabalhar com a Adobe para trazer o Flash para o iPhone mas todas as soluções acabavam com a vida de bateria do aparelho, o que era menos do que o ideal para Steve Jobs.

O Flash Media Server 4.5 tem licenças que variam entre US$ 995,00 e US$ 4,5 mil e está disponível aqui a partir de hoje. Ele também oferece suporte para transmissões de vídeo no Android e no Playbook.