Falando em Netflix, o lançamento da operação no Brasil foi um sucesso. Nos Estados Unidos, entretanto, a discussão que se faz diz respeito aos conteúdo que o serviço está autorizado a distribuir. A empresa Starz Entertainment, tradicional canal a cabo que também licencia seus conteúdo para o Netflix, avisou que não vai renovar o acordo mantido por eles a partir do ano que vem.

Com a decisão, apenas duas pequenas empresas de mídia saem do Netflix: Sony e Disney.

A Starz está autorizada a vender os conteúdos de dois dos maiores conglomerados de mídia do mundo. No entanto, chegaram à conclusão de que seria mais lucrativo deixar de renovar o acordo, que vence em fevereiro de 2012, para se concentrar apenas no negócio de televisão por assinatura. O canal Starz é oferecido por US$ 15 mensais.

Informações dão conta de que a Netflix estaria disposta a desembolsar US$ 300 milhões para renovar o acordo com a Starz, que está em vigor desde 2008. Com 25 milhões de clientes, o serviço de streaming de vídeo provavelmente tem um bom dinheiro em caixa para bancar a decisão. Pena que a Starz não quer.

Executivos da Starts chegaram à conclusão de que o Netflix canibaliza as assinaturas do seu canal de televisão pago. Lá nos EUA o Netflix custa US$ 8 mensais, praticamente metade do que é necessário para assinar o canal Starz.

O Netflix diz que atualmente o conteúdo da Starz responde por somente 8% de tudo que é visto pelos americanos, e a tendência é que esse porcentual caia para 6% com a adição de mais conteúdo de outras empresas. Trocando em miúdos, o Netflix sinalizou que lamenta a decisão da Starz, mas que vai prosseguir muito bem sem o parceiro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lekynus Sama
mas isso é só na netflix dos EUA
@leoberto
Os usuários brasileiros do Netflix não precisam se desesperar. No Brasil, a Netflix está negociando os acordos diretamente com os estúdios, portanto essa notícia nao afetará a recém-lançada locadora nacional.
@AntonioVeras
Logo agora que eu me animei à assinar esse tipo de coisa. Nunca senti necessiadade de uma TV à cabo. E o principal diferencial no Netflix, é não ficar dependente de uma TV.
Turdin
Principalmente na parte de seriados e etc.
Alexandre
there´s aways a catch
Guilherme Mac
Péssima notícia, ainda mais pq Sony e Disney tem um grande número de estúdios, como Columbia, Miramax, Pixar, Marvel, Touchstone e tantos outros. Netflix vai perder muito, muito mesmo.
Yangm
Não sei quanto a Disney de lá, mas a Disney daqui só passa COISAS REPETIDAS. Aqui compensa mais alternar mês sim mês não com a TV a cabo.
Rodrigo Fogagnolo
Que pena, eu adoro o conteúdo da Disney =/