Início / Arquivos / Inteligência Artificial /

BMW também desenvolve carro autônomo

João Brunelli Moreno

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Conhecida por produzir veículos de luxo com altas doses de esportividade, a germânica BMW também está desenvolvendo veículos capazes de se dirigirem sozinhos.

A exemplo do Google e da rival Audi, os bávaros utilizam sistemas de geolocalização, radar, lidar (tecnologia capaz de medir propriedades da luz, como distância e movimentação), ultrassom e vídeo instalados em um BMW Série 5, que já rodou “mais de 5 mil quilômetros” no modo semi autônomo sem se envolver em maiores confusões.

BMW dirige sozinho

De acordo com seus criadores, o carrão ainda não se sente muito à vontade para assumir completamente as rédeas de seu próprio destino em tráfego pesado e engarrafamentos, mas se dá bem na maioria das situações cotidianas.

Ainda que seus sistemas ofereçam “um estilo de condução suave e seguro” capaz de fazer os passageiros do veículo “relaxarem e se sentirem confiantes depois de alguns minutos”, o condutor ainda terá que se manter minimamente atento no tráfego. “O motorista ainda será responsável pela situação e deverá dicar atento no trânsito e nas imediações”, afirma Nico Kampchen, gerente do projeto, à revista Wired.

A diferença entre seus pares é que o sistema está sendo desenvolvido junto do governo alemão a partir da tecnologia do SmartSenior Initiative, que também pretende criar maneiras de identificar situações em que o condutor do veículo está passando mal e não tem mais condições de guiar o veículo. Em emergências médicas, o carro teria a capacidade de assumir o comando da situação, além de entrar em contato com serviços de emergência.

O próximo passo no desenvolvimento dos carros autônomos é a construção de uma zona de testes com obstáculos e desafios que deverão ser superados pelo automóvel, sem qualquer ajuda humana. Ainda não há uma previsão para que os primeiros carros autônomos cheguem às lojas.