Início » Arquivos » Celular » HP mata celulares e tablets rodando WebOS

HP mata celulares e tablets rodando WebOS

Por

A HP não poupou sua atual linha de produtos ao apresentar resultados financeiros nessa quinta-feira. Em resumo: todos os dispositivos rodando o sistema WebOS estão descontinuados. Seja smartphone, seja tablet, a companhia não tem mais intenção de continuar produzindo e depois vendendo (ou morrer tentando) aparelhos com o sistema originalmente desenhado pela Palm, antes da empresa ser abocanhada pela HP.

Vítima mesmo é o tablet HP TouchPad. Ele começou a ser vendido em julho desse ano, com direito ao título de “iPad Killer”. O TouchPad rodava o WebOS em uma versão especial, adaptada para o visor maior que o tablet apresenta se comparado a smartphones como o mesmo sistema, como o Palm Pre. Com isso, a HP deixa de concorrer com Motorola, Samsung (ambas com Android) e Apple (com iOS) no mercado de tablet.

HP TouchPad: rodando WebOS (imagem: reprodução)

O destino do WebOS continua incerto. Há quem diga que a HP vá licenciá-lo para outras empresas interessadas em colocar a plataforma em dispositivos móveis. O sistema pode não ter toda a aura de um Android, mas é funcional, e isso basta para certos fabricantes que se concentram em aparelhos mais simples e baratos. Se o preço da licença for reduzido, melhor ainda.

De acordo com o Business Insider, a HP não descarta embutir o WebOS em aparelhos que não sejam os já citados dispositivos móveis. A plataforma poderia ser usada, por exemplo, em utensílios de cozinha e até mesmo em carros.

Ainda falando em HP, a companhia planeja se desfazer de sua unidade de fabricação de PCs. É bem verdade que a HP é a maior fabricante de computadores do mundo, mas o Wall Street Journal e a agência de notícias Bloomberg dizem que a unidade da companhia para esse tipo de produto estaria à venda. A IBM passou por situação similar em 2005, quando sua divisão de PCs foi comprada pela chinesa Lenovo.