Início » Arquivos » Celular » Nokia larga mão do Symbian nos Estados Unidos

Nokia larga mão do Symbian nos Estados Unidos

Escritório brasileiro garante suporte ao Symbian até 2016.

Avatar Por

O comando global da Nokia tende a insistir no uso do Symbian em seus smartphones. É o que a empresa vem sinalizando ao longos dos últimos meses, mesmo com outros sistemas disponíveis para uso. O mesmo não vale para a subsidiária americana da companhia.

Ninguém menos que o presidente da Nokia americana, Chris Weber, jogou um banho de água fria em quem ainda acredita na plataforma da companhia finlandesa. O Symbian já era, se depender dele.

Nokia Sea Ray com WP7

A Nokia dos Estados Unidos sempre viveu uma realidade paralela do resto do mundo. Enquanto as vendas iam bem na Europa e no Brasil, o mesmo não se verificava nas bandas de lá do Hemisfério Norte. A Wired chegou a fazer uma lista dos 7 motivos para a empresa não ser querida naquele país, que eu repercuti aqui no TB. Agora, uma série de medidas tenta refazer a marca Nokia nos EUA.

Para começo de conversa, não vão vender celulares e smartphones rodando o Symbian ou o S40. Em vez disso, a Nokia americana vai se entregar de corpo e alma ao Windows Phone assim que os primeiros aparelhos rodando o sistema da Microsoft forem lançados. Com o RTM na praça faz semanas, podemos esperar novidades para breve.

“Será o Windows Phone e todos os seus acessórios. A realidade é que se nós não formos bem sucedidos com o Windows Phone, não importa o que mais fizermos”, disse Weber. Um executivo bastante alarmista, diferentemente do que nós vemos com o Stephen Elop, o presidente global da Nokia. E cabe lembrar que Elop foi autor de um texto comparando a fabricante a uma plataforma de petróleo em chamas (dramático!).

Mas e como fica o Symbian nos demais mercados da Nokia nas Américas? Eu fiz essa pergunta diretamente para o escritório da Nokia no Brasil. A resposta certamente vai agradar os fãs do Symbian:

“A Nokia reafirma seu comprometimento com a plataforma Symbian no Brasil e no mundo. O sistema operacional, que tem suporte global da Nokia até 2016, irá receber em breve a atualização do Symbian Anna, que inclui várias funcionalidades e melhorias. Além disso, futuramente teremos mais novidades e mudanças para o Symbian.”

Além de cortar o Symbian, o presidente da Nokia americana disse que o Nokia N9 (rodando MeeGo) foi descartado para aquele mercado.

Outra decisão da Nokia americana é de abraçar as operadoras. Em vez de vender aparelhos pelo seu valor integral, os celulares e smartphones serão subsidiados — modelo que costuma funcionar melhor por lá, e que continua sendo adotado no Brasil principalmente pela Claro e pela Vivo.

Diz o executivo que os Estados Unidos concentrarão o maior investimento da Nokia (e algum da Microsoft) no mundo. Eles querem mesmo chegar a uma posição mais privilegiada.

Ao abandonar o Symbian, é evidente que a Nokia deixa de lado os celulares mais simples. Todo mundo sabe que o Windows Phone depende de especificações técnicas mais parrudas, o que evidencia uma estratégia de só vender smartphones nos States. Enquanto isso, a Nokia continua na sua posição legítima de vender telefones mais em conta, ainda que para isso o sistema tenha que ser o horroroso (porém funcional para muitos consumidores) S40.

Com informações: All Things Digital

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Furtado
Antes tarde do que nunca né...
Yangm
Cachorro que late não morde, e essa sra. Nokia anda latindo demais.
Jorge
Facebook e MS são parceira e com WP7 a integração é muito superior ao IOS e Android, principalmente com a Mango. Pelo o que vc falou o wp7 irá de agradar. Dicas, tutorias, apps, gps, mango, tu pega aqui: www.blogaomobile.org
Vinícius
Então pra mim seria ótimo :) Na App store só uso a americana... pelo que sei o WP tem integração maravilhosa com o face, e eu frequento o facebook todo momento!! Eu não gosto de Android, os que já usei não me agradaram em nenhum sentido
Rodrigo
O Anna é um upgrade do Symbian 3.
Kadu
E o Synbian Anna?
Jorge
EU tô com a Mango =)
Jorge
A MarketPlace do wp7 tá muito bom, vários aplicativos bacanas e o aparelho já vem completo e pronto para o uso (Android por exemplo tem que pesquisar um player bom). A AppStore tem o forte dos aplicativos NACIONAIS, se você DEPENDE de apps nacionais tme que esperar ele ser lançado no Brasil. Recomendo se possível você pegar um WP7 e ver pessoalmente, certamente irá adquirir o aparelho. Muito bacana e com a Mango melhor ainda, ótimo produto mesmo. Escolha de OS vai de acordo com o usuário, no meu caso, não trocaria WP7 nem por Android e nem pelo IOS.
Alexandre
Enquanto ficam analisando, esperando, confabulando o futuro da nokia, a agua ta passando debaixo da ponte, a fila ta andando, E NADA DE MANGO TANGO PRA GALAERA!
Ramon Melo
O S40 não é Symbian, o "S" da sigla significa "Series". Pela qualidade do artigo, o autor do post provavelmente é ignorante a respeito disso, mas vamos dar a ele o benefício da dúvida. Só existem três ramificações do Symbian: o Symbian^1 (ou S60, é o mais conhecido), que roda na maioria dos smartphones da Nokia; o Symbian^2, que só é usado por algumas fabricantes japonesas; e o Symbian^3, que roda nos smartphones mais recentes da empresa. Todos os outros "S" alguma coisa (S30, S40) não são Symbian e nem deveriam ser confundidos com ele, porque são sistemas embarcados para celulares com poucos recursos.
Rodrigo
O S40 é, sozinho, um sistema operacional. O S60 já é uma plataforma de software que roda em cima do Symbian. Eu tinha entendido que o S40 (que é realmente mais simples para "dumbphones"), era a última alternativa da Nokia antes do WP7. Mas o presidente da Nokia deixa bem claro: “When we launch Windows Phones we will essentially be out of the Symbian business, the S40 business, etc., ” Infelizmente, é o fim do Symbian e seus antecessores.
j2k
E eu que achava que isso tudo eram versões do Symbian...
Rodrigo
Antes de escrever um artigo, o autor original do mesmo deveria se informar melhor. S40? Será que ele sabe que existe o S60, que é bem melhor, e ainda equipa de forma relativamente decente o 5800 Xpressmusic?
Ramon Melo
O negócio é simples: americanos não compram nada que não tenha um dedo estadunidense por trás. Esse é o verdadeiro motivo pelo qual a Nokia foi expulsa do mercado norte-americano, e isso não tem nada a ver com falta de propaganda, já que o que não faltam são filmes de Hollywood e séries de TV exibindo marketing de celulares da empresa. Depois de anos, a Nokia finalmente percebeu isso e irá retirar seu time europeu de campo, deixando apenas os aparelhos com o legitimamente americano Windows Phone, lição aprendida por outras fabricantes (notadamente, Samsung e HTC) já há bastante tempo. Para terminar, o S40 é um excelente sistema embarcado para o que se destina: dumbphones. A interface é funcional, o sistema exige poucos recursos de hardware e bateria e oferece funcionalidades bastante úteis para celulares de baixo custo. Aliás, duvido que haja algum sistema embarcado para dumbphones que seja melhor (o único que chega perto é o TouchWiz! da Samsung). Não se pode exigir dele que ofereça a usabilidade de um smartphone com tela capacitiva multitoque de 4" e alta resolução, esse não é e nem nunca foi o objetivo.
Luiz Alberto Franco
Segundo rumores que li por aí, a próxima atualização, Chamada Tango, vai trazer a possibilidade de usar o windows Phone em Smartphones mais modestos, que substituiriam os dumbphones da Nokia e competiriam diretamente com os Androids de baixo custo. ;)
Exibir mais comentários