Uma briga de gigantes tem acontecido por meio das mídias sociais. O Google e a Microsoft, duas empresas que dispensam apresentação por aqui, vêm se acusando mutuamente das práticas mais nocivas para o pleno desenvolvimento de um mercado competitivo. Em questão está o leilão de patentes anteriormente sob administração da Novell, cujo grupo vencedor tem a Microsoft e a Apple. O Google não gostou nada da história e decidiu colocar a boca no trombone.

Google acusa

Na quarta-feira (03), um texto escrito pelo executivo responsável pelos assuntos legais do Google iniciou a discussão. David Drummond acusa a Microsoft e a Apple de armarem um complô contra o Android. O consórcio liderado pelas duas companhias deu o lance mais alto e levou milhares de patentes da Novell. Drummond diz que existe uma “campanha organizada e hostil” contra sua plataforma móvel operada pelas duas companhias concorrentes, além da Oracle e outras empresas.

O lance ganhador das patentes da Novell foi de US$ 4,5 bilhões. Um valor exorbitante se comparado ao US$ 1 bilhão mínimo para que a venda acontecesse. Na busca por patentes que permitam dificultar a distribuição do Android, o grupo de empresas subiu tanto seu lance a ponto de quadruplicar o preço das patentes da Novell.

Patentes foram criadas para encorajar a inovação, mas ultimamente elas estão sendo usadas como uma arma para interrompe-la”, escreve o executivo. De acordo com ele, a Microsoft possui uma estratégia para prejudicar o Android que inclui cobrar até US$ 15 sobre cada aparelho vendido com a plataforma — tudo graças às patentes que possui.

Microsoft responde

Chamada para o embate, a Microsoft deu uma resposta aparentemente à altura para as acusações do Google. Dessa vez no Twitter, conselheiro-geral Brad Smith disse que o Google foi convidado para fazer parte do consórcio que, liderado pela própria Microsoft e pela Apple, viria a ganhar o leilão.

Não bastasse isso, surgiu a captura de tela de um email trocado em outubro de 2010 no qual um dos conselheiros do Google diz não ter interesse em participar do consórcio. Na mensagem, Kent Walker diz que “por uma série de motivos um lance conjunto não seria o recomendável para nós nesse momento”. De forma muito polida, Walker agradece o convite.

Veja você mesmo:

Ao tratar do assunto, a MS deu a entender que o Google reclama de não ter conseguido o pacote de patentes da Novell, mas que não estava disposto a fazer um lance conjunto.

A réplica do Google

Depois de ver um email aparentemente legítimo de um de seus executivos, o Google voltou às acusações. Em nenhum momento a companhia nega ter rejeitado o convite de lance em conjunto com a Microsoft para comprar o pacote de patentes. Ao atualizar seu texto com novos comentários, David Drummond afirma que a concorrente quer tirar toda e qualquer patente que permita ao Google ou seus parceiros no Android de se defender de “ataques”.

Caso o Google aceitasse fazer o lance em conjunto, as mesmas patentes válidas para o Android poderiam ser utilizadas para o Windows Phone ou o iOS, por exemplo. Todos os ganhadores das patentes teriam os mesmos direitos sobre ela, tornando-se impossível que um processasse outro membro do grupo, nas disputas de propriedade intelectual que já cansamos de ver.

Drummond sugere que as demais patentes compradas pela Microsoft poderiam ser usadas em futuros processos que prejudiquem o Android. No entanto, ao aceitar participar de um lance conjunto, o Google não teria patentes de sua propriedade exclusiva para negociar nos futuros processos. O famoso “toma lá, dá cá” não seria possível, portanto.

A tréplica da Microsoft

Frank Shaw, o responsável por toda a parte de relações públicas da Microsoft, escreveu vários tweets sobre o assunto. Resumindo:

“Nós oferecemos ao Google a oportunidade de fazer a lance conosco para comprar as patentes da Novell; disseram não. Por quê? Porque ele querem comprar aquilo que poderiam usar contra outros. Então, fechar parcerias com outros (…) não é algo que eles queriam ajudar a fazer.”

O silêncio da Apple

Até agora, a Apple não deu uma palavra sequer sobre o assunto. A acusação inicial do Google envolvia tanto a empresa de Steve Jobs como a Microsoft. No desenrolar da história, a Microsoft respondeu e foi acusada novamente, enquanto a Apple manteve um silêncio intransponível.

E como fica a história?

Nortel: grupo da Microsoft conseguiu pacote de patentes

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos determinou no início do ano que a Microsoft vendesse suas patentes obtidas na compra envolvendo a propriedade intelectual da Novell. Também determinou que os demais parceiros no consórcio licenciem as patentes de forma justa, até mesmo para que o Google possa usá-las no Android.

Tenho a impressão de que o Google disparou acusações contra Microsoft relembrando o caso das patentes da Novell, mas tendo a recente venda de patentes da Nortel em vista. Como você sabe, o grupo que a Microsoft integrava levou o pacote de patentes. E o Google já avisou: espera que o Departamento de Justiça americano interceda novamente, como aconteceu antes no caso das patentes da Novell.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Auriberta Alves Nascimento Cam
QUE OS NAVEGADORES BRIGUEM COMERCIALMENTE É UMA LUTA, MAS EU AURIBERTA E MUITOS CONSUMIDORES SOMOS OBRIGADOS A FICAR NA MICROSOFT OU SABOTAM DESATIVAM APPS INVADEM EMAILS, EXPÓE, ABREM CONTAS EM NOME DO MEU GMAIL DIGO EU PORQUE ESTOU DENUNCIANDO OS CRIMES COMETIDOS PELA MICROSOFT E FACEBOOK. NADA TENHO CONTRA ELES GOSTO DO GOOGLE QUE TEM UMA PROGRAMAÇÃO MUITO MELHOR. EU COMO CONSUMIDORA ESTOU SENDO PREJUDICADA HÁ 4 ANOS PELA MICROSOFT POR FACEBOOK EM DIVERSOS CRIMES VIRTUAIS QUE A DITADURA CIVIL DOS ESTADOS UNIDOS PERMITE. QUERO APENAS TER MEU COMPUTADOR E O MALDITO ANDROID QUE VIVE SABOTADA PELA MICROSOFT E NÃO PELO GOOGLE ABRI UMA CONTA NO TWEETER COMO TANTAS E ELES ABREM OUTRA USANDO MEU EMAIL SENHAS QUE NÃO ADIANTA TROCAR. SE TODOS SOUBESSEM QUE AO COMPRAR E PAGAR SEUS ELETRONICOS TINHAMQUE SER ESCRAVOS DA MICROSOFT, SEM SIGILO COM MORDAÇA PORQUE QUALQUER QUEIXA ENVIADA CONA A MICROSOFT OU FACEBOOK NÃO ENVIA, BLOQUEIA EMAILS E NÃO DÁPARA SUPORTAR ESSE REGIME COMUNISTA DITADO PELA EMPRESA AMERICANA. NÃO TROCO MAIS SENHA EMAILS E TODA A PALHAÇADA A QUE SOU SUBMETIDA, SEM SIGILO COMO SE FOSSEM CRIMINOSOS, ENQUANTO O NAVEGADOR CRIMINOSO DITA AS ÓRDENS, NO MINIMO A MICROSOFT BRASIL GANHA ALGO PARA VIGIAR. ESSA DENUNCIA CHEGA SE ELES NÃO ME BLOQUEAREM E MAIL E O QUE PUDEREM AURIBERTA
Caio Furtado
Patentes que deveriam servir pra estimular a criação de algo que beneficie as pessoas sendo usadas apenas como forma chula de obter dinheiro, pqp.
Smess
Nada mais que ver os fatos que Microsoft andou processando Google diversas vezes, menos falácias, please...
@DigoEhNada
Isso pra mim só mostra que o Google só quer se fazer de vítima e sair ganhando... Eles queriam era as patentes pra processar as outras empresas! Aí vão fazer confusão agora pra conseguir as patentes a força! Se eles são tão a favor do código livre, por que não comprar em conjunto para que todos possam usar?? Não a idéia é ter as patentes para si como forma de dominar o mercado! Como o @mos_axz disse: "Foi com muita sede ao pote, ficou sem nada" acho é pouco! (falo mal mas uso o google chrome que por enquanto tá melhor que os outros)
Tiago Cavalcanti
O que vocês não compreenderam o que o Google quer dizer é o seguinte... Google tem 3% das patentes disponíveis, MS tem 21%, Apple tem 31%... Estou apontando apenas exemplos. Aí com as patentes da NORTEL, o conjunto das empresas teriam mais 20% das patentes, certo? 75% das patentes disponíveis até aqui. Então, entrando para o conjunto de empresas que compraram as patentes da NORTEL, o Google estaria pegando 20% das ações e perdendo a oportunidade de equiparar-se com as rivais. Passando a ter 23% das patentes, contra 21% e 31% das outras... Sobrando 25% de outras empresas. Por isso o Google tentou comprar sozinho. A tática da MS e da Apple foi justamente essa, impedir que o Google avançasse na participação em número de patentes. De que forma? Anulando as mesmas ao comprar em conjunto.
@funxo
O Google espera que o Departamento de Justiça $$$ interceda $$$ no assunto de novo, né.
j2k
"Caso o Google aceitasse fazer o lance em conjunto, as mesmas patentes válidas para o Android poderiam ser utilizadas para o Windows Phone ou o iOS, por exemplo. Todos os ganhadores das patentes teriam os mesmos direitos sobre ela, tornando-se impossível que um processasse outro membro do grupo, nas disputas de propriedade intelectual que já cansamos de ver." Caramba lendo esse parágrafo fiquei com a impressao que o MAIS ERRADO (cada um tem sua parcela de culpa) aí é o Google! O mais justo, teoricamente, seria justamente que todas as 3 empresas usufruissem das tecnologias tratadas nas patentes da Nortel!
Flavio
Uma pena a Google se envolver neste tipo de embate. Deveria continuar como sempre foi. Fazendo seu trabalho desenvolvendo seu talento e criatividade que são imensos. Cair na pilha da MS... Sei não.
vinicius
Exatamente!!
Jean
O Google se fazendo de vítima como sempre... Todo mundo sabe que se eles tivessem conseguido comprar as patentes sozinhos, eles é que iriam processar as outras empresas, assim como a Oracle fez por causa do uso indevido do Java... Bem feito também! O GTK e Qt são totalmente open-souce e o Google os preteriu... quis o Java... se ferrou. Dizer que o Android é livre é total falta de informação!
@mos_axz
pelo que entendi do caso é o seguinte: 1° se o google entrasse no consorcio as patentes serviriam pra Android, WP7 e iOS. 2° se ele comprasse só o iOS e o WP7 teriam que pagar ou não usariam. 3° como o Google não comprou, o Android foi prejudicado nessa história. Se quisesse a evolução de tudo, o google teria participado do consorcio, assim ajudando varias plataformas. Como foi com muita sede ao pote, ficou sem nada. o google foi hipócrita. A MS está certa nessa história.(não que a apple esteja errada de comer sua parte caladinha...)
Eddy
Inteligente é a Apple aí no meio. Tá bem quieta, deixando a briga MS vs Google tomar conta do palco pro povo esquecer que a Apple foi sequer citada.
Fox
A compra do Google pelos patentes foi mais para se proteger dos processos (como dito no artigo) e não para fazer aproveito de concorrência (como fazer subornos de cobrança de patente a cada unidade com sistema concorrente vendida e meter milhares de processos). Como próprio Google diz: "Patents were meant to encourage innovation, but lately they are being used as a weapon to stop it.".
Guilherme Mac
Culpa do Google pq outras empresas não cumprem a função social e funcional das patentes? (sim, uma patente, legalmente, tem que cumprir a função social e funcional. por isso A Microsoft teve q ser obrigada a vender patentes). É MUITO estranho achar q a Microsoft e Apple, e qualquer empresa envolvida, não sejam culpadas por um litígio desses.
Turdin
Eu não estou entrando no mérito da legislação Americana, que eu sei sim que é horrível e devia ser reestudada. Mas no cenário atual o Google fez o que não devia em relação as patentes.
Exibir mais comentários