Desde o advento dos videogames e a criação daquele encanador bigodudo lá, tal de Mario, as “Coinboxes” (aqueles blocos que soltam moedas igual o Silvio Santos jogava aviões de dinheiro) são conhecidas por todas as partes do mundo. Mas na Alemanha elas não são tão legais assim. Certo, na verdade elas nem são malvadas ou coisa assim, mas alguém decidiu que seria divertido destruir uma dessas em um joguinho em flash.

Em Coinbox Hero: The Ultimate Battle Against an Inanimate Object você controla um alemãozinho – com cara de irlandês – e seu objetivo é conseguir dinheiro o bastante pra comprar uma bomba atômica e mandar essa bendita coinbox pro espaço.

[swfobj src=”https://files.tecnoblog.net/wp-content/uploads/2011/09/coinbox-hero-12247.swf” align=”center” height=”375″ width=”600″ ]Coin Box Hero[/swfobj]

Antes que você me pergunte o que foi que a caixa fez de tão ruim, eu não faço a menor ideia. Na minha opinião, valeria mais a pena passar o resto da vida dando socos na caixa e ficar coletando as moedas pra sobreviver. Mas o final guarda uma surpresa incrível.

O esquema é bastante fácil: bata na caixa para ganhar moedas, compre armas melhores e contrate mais alemãezinhos. Compre armas melhores pra eles, ganhe cada vez mais moedas, contrate cada vez mais alemãezinhos e, cara, que musiquinha legal!

Quanto mais moedas você juntar, melhores os upgrades que pode comprar na lojinha. Lembre-se de contratar quantos ajudantes puder e de dar algumas armas decentes pra eles também.

Infográfico da quantidade de moedas do jogo

Existe um limite máximo de moedas que podem coexistir – começa com 50 – e você pode gastar algum dinheiro para aumentar esse limite. O segredo é saber investir e juntar a grana necessária para comprar a nuke e mandar essa coinbox pra casa do chapéu (quem em sã consciência fala “casa do chapéu”?).

Gostou? Não gostou? Expresse sua opinião nos comentários. Também pode ser via twitter, ou e-mail se quiser ser mais discreto. Aproveite o final de semana e nos vemos em breve, no mesmo Tecnocanal!

Hoje as piadas tão f*da.