Início » Arquivos » Aplicativos e Software » Ubuntu 11.10 terá ISOs que rodarão tanto em CDs quanto em drives USB

Ubuntu 11.10 terá ISOs que rodarão tanto em CDs quanto em drives USB

Avatar Por

Uma função que já era relativamente comum em outras distros, mas estava ausente tanto no Debian quanto no Ubuntu, finalmente estará disponível na versão 11.10 da distro de Linux da Canonical. as ISOs disponíveis poderão ser gravadas tanto em CDs quanto em pendrives ou outros dispositivos ligados à USB, sem necessidade de usar programas externos para que isso aconteça.

O anúncio foi feito pelo líder da equipe responsável pelos processos de instalação da Canonical, Colin Watson, em um post na lista de discussão de desenvolvedores do Ubuntu. Segundo ele, as atuais daily builds do Ubuntu já estão vindo com essa função habilitada, mas ainda em fase de testes (como quase tudo em uma versão ainda alpha de um sistema, diga-se de passagem…).

Com esse nova tecnologia, os usuários não precisarão mais usar programas para criar instalações em pendrives, como o UNetbootin ou o Criador de disco de Inicialização do Ubuntu, como acontecia antes. Agora, é só copiar o conteúdo do ISO para o pendrive e pronto.

Agora bem mais fácil de testar e instalar

Mas há ressalvas: Isso vale somente para o ISO de instalação e live, se você quiser, por exemplo, instalar o Ubuntu em um pendrive e usá-lo não somente para boot, mas como um sistema operacional “móvel”, ainda terá que usar algumas ferramentas para formatar corretamente o pendrive.

Outro detalhe apontado por Colin é que essa solução “custará” em torno de 1 MB nos ISOs. E como o Ubuntu ainda é distribuído em ISOs para CDs, 1 MB é um valor alto. Algumas coisas acabarão tendo que sair do Ubuntu para dar espaço à solução. De qualquer forma é uma ótima notícia.

Com informações: H-Online

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinnicius Araújo
Não tem nada a ver nisso. O LinuxMint, é uma distro Linux mais é em LiveDVD e possui vários codecs incluídos. Que coisas inúteis?
Vinnicius Araújo
O problema é a conexão. Minha conexão é horrível, 12KB/s e baixar uma iso DVD é meio chato. Faria esse sacrifício somente se a versão ultrapassasse os 700MB e tivesse mais opção de programas.
Vinnicius Araújo
Porque não? Pois eu consigo copiar usando o comando "dd" ou extraindo e depois copiando o conteúdo da ISO para o pendrive. Já testei e consegui.
Vinnicius Araújo
Ou você ama o Unity ou odeia o Unity, não possui meio-termo. GNOME3 está horrível, bagunçado ao extremo e muito atrapalhado. Não gosto do KDE, então a melhor opção é o LXDE, mesmo sendo meio feio, ou então muda pro Debian, que vai ficar com o GNOME2 por muito tempo. Vou aguardar. Mas o Unity é muito melhor que o GNOME3.
Fer
"Agora, é só copiar o conteúdo do ISO para o pendrive e pronto." Mentira! Nunca da para copiar o todo o conteudo! Da erro pelo Windows e da erro pelo próprio Ubuntu! ¬¬
Fer
O Ubuntu é cheio de coisas inuteis ou que poderiam ser mais compactadas por não se usar em um LiveCD! E os codecs não são devido a limitação de tamanho, e sim de OpenSource, já que são codecs de codigo fechado!
Fer
Não mais, o Alfa 2 altrapassa os 700 MB! E, curiosamente, a de 64bits é menor do que a versão 32bits! Me ferrei depois de baixa-lo! Não conpensa grava-lo num DVD! ¬¬
Fer
Qual o problema de vocês? O Unity é muito mais pratico que o GNOME3! E os problemas que vejo no Unity são os mesmos do GNOME Classic. Como o fato de tudo ocupar mais espaço na tela do que o Windows e os icones de reload, back e compania parecer um brinqudo enjoativo de criancinha (e esse ultimo esta a mudar com a nova versão)!
Marcoscs
ha ta, eu pensei que fosse por causa da distribuição em cd's. Quanto ao tamanho 700Mb hoje é considerado pequeno, qualquer episódio de série em hd tem mais de 1Gb e são só 50 minutos de duração por episódio. Fazer uma ISO em torno de 1Gb não seria tão mais traumático aos usuários.
@rodrigorsena
Agradeço a Canonical a deixa usas iso em 700MB eu acho uma lutar baixa + de 1GB na minha conexão escrota!
acustodioo
http://www.hardware.com.br/noticias/2011-06/ubuntu-imagens-hibridas.html
acustodioo
Cheguei a entender isso, mas custei a acreditar, vou esperar para ver.
Victor
Verdade...... Eu uso Debian e não uso o GNOME. Uso o XFCE. Ele é extremamente eficiente e tão bonito quanto o GNOME. Mesmo o GNOME sendo o padrão, Linux não é como o Windows, que vocÊ tem se usar e não pode customizar, trocar, alterar, etc; eu acho o Linux muito bom nesse ponto. Se eu pudesse pagar 20 vezes a licença do Windows, para rodar aplicações do Windows no Linux, sem configurar trocentas DLL`s com o WinE, eu estaria mais que satisfeito. Esses dias, tentei rodar o SilkRoad no Linux, sofri e pesquisei muito, mas consegui.....
Gabriel Bemfica
Mas eles procuram manter a distro disponível para a maior quantidade de pessoas possível. Tanto pessoas que não possuem computadores mais novos, com leitor de DVD, quanto para quem vai instalar em máquinas próprias, antigas. Mas acho que poderia haver uma ISO própria para pen-drives, com cerca de 1GB, e alguns arquivos necessários para o sistema, para não ter que baixar a caralhada de atualizações que baixamos toda vez que instalamos o Ubuntu.
Andre
Quais seriam essas distros que permitem colocar a ISO no pendrive e já sair funcionando? Funciona também em HD portátil? Colocar a ISO e isso já é suficiente pra dar boot?
Exibir mais comentários