Início / Arquivos / Aplicativos e Software /

Adobe deixa de distribuir plataforma AIR para Linux

Paulo Graveheart

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Adobe AIR, plataforma de desenvolvimento de aplicativos para a internet que a Adobe criou e que seria uma solução para lançar aplicativos em diversas plataformas, acabou tendo um resultado pífio no Linux. Dos 10 a 15% de participação que a Adobe esperava, a versão para Linux conta hoje com meros 0,5% do total de downloads. Por causa dessa falta de demanda, Adobe comunicou ontem que está encerrando o desenvolvimento do AIR para o sistema.

Mas, calma, que os programas não vão simplesmente deixar de funcionar por causa disso. No momento, a última versão do AIR disponível para o Linux é a 2.6 (no Windows, já é a 2.7, lançada essa semana). Se o aplicativo desenvolvido não exigir uma versão superior à 2.6, ela rodará normalmente, sem maiores problemas. Assim, ainda existe a possibilidade de continuar usando vários programas no Linux mesmo.

TweetDeck para o Linux: Ameaçado?

Mas e para aqueles programas novos, ou que foram atualizados e agora exigem uma versão superior do AIR? Para isso, a Adobe estará lançando o que ela chamou de “Linux porting kit for AIR” para que parceiros e desenvolvedores cadastrados no programa Open Screen Project possam portar e até mesmo customizar versões mais novas do AIR. Ainda não ficou muito claro como exatamente isso funcionará, mas imagino que poderemos ver versões diferentes do AIR circulando por aí, ou então versões que funcionam no Ubuntu, mas não no Mageia.

Mas não pensem que com isso a Adobe está abandonando o software livre: a decisão de deixar o Linux de lado servirá para concentrar esforços no Android, sistema operacional baseado no Linux que anda em franco crescimento e com alto grau de adoção. 🙂

Com informações: H Online