O Adobe AIR, plataforma de desenvolvimento de aplicativos para a internet que a Adobe criou e que seria uma solução para lançar aplicativos em diversas plataformas, acabou tendo um resultado pífio no Linux. Dos 10 a 15% de participação que a Adobe esperava, a versão para Linux conta hoje com meros 0,5% do total de downloads. Por causa dessa falta de demanda, Adobe comunicou ontem que está encerrando o desenvolvimento do AIR para o sistema.

Mas, calma, que os programas não vão simplesmente deixar de funcionar por causa disso. No momento, a última versão do AIR disponível para o Linux é a 2.6 (no Windows, já é a 2.7, lançada essa semana). Se o aplicativo desenvolvido não exigir uma versão superior à 2.6, ela rodará normalmente, sem maiores problemas. Assim, ainda existe a possibilidade de continuar usando vários programas no Linux mesmo.

TweetDeck para o Linux: Ameaçado?

Mas e para aqueles programas novos, ou que foram atualizados e agora exigem uma versão superior do AIR? Para isso, a Adobe estará lançando o que ela chamou de “Linux porting kit for AIR” para que parceiros e desenvolvedores cadastrados no programa Open Screen Project possam portar e até mesmo customizar versões mais novas do AIR. Ainda não ficou muito claro como exatamente isso funcionará, mas imagino que poderemos ver versões diferentes do AIR circulando por aí, ou então versões que funcionam no Ubuntu, mas não no Mageia.

Mas não pensem que com isso a Adobe está abandonando o software livre: a decisão de deixar o Linux de lado servirá para concentrar esforços no Android, sistema operacional baseado no Linux que anda em franco crescimento e com alto grau de adoção. 🙂

Com informações: H Online

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jonathan Gangi
SEEMS LEGIT.
Vinnicius
E qual Twitter clint você usa agora, amigo? (desculpe a pergunta) Pois se o AIR for descontinuado e não tiver alguma "gambiarra" para o nosso querido pinguim, eu vou querer algumas opções de como usar o twitter (tirando o Gwibber). Agradeço.
Bitetti
#adobe #fail Vou ficar com problemas, só uso Linux em casa, n pretendo nunca mais voltar pra rwindows e Mac só quando tiver grana sobrando.
@_eliasalberto
#adobe #fail
Vinnicius
Aí é o ponto que não entendo. Adobe abandonou o Linux, mas o Android também possui bases em Linux, então quer dizer que ela não abandonou o Linux mais ela disse que abandonou só que ela não abandonou porque continua desenvolvendo para ele, de certa forma. WTF? Adobe está boa de falir já, só tá fazendo m*rda agora.
Rafael
Um padrão para desenvolvimento multiplataforma... Abandonando o Linux... :D
Gabriel Bemfica
Em termos, em termos. O Air realmente peca por ser pesado, mas a possibilidade de usar o mesmo aplicativo em várias plataformas, praticamente sem precisar de ajustes, é excelente. Só que a ideia está sendo mal gerida pela Adobe, no Linux ou em qualquer outro sistema.
Gabriel Bemfica
O TweetDeck é bugado em qualquer sistema, com ou sem qualquer hardware opcional.
Gabriel Bemfica
O que me impede de migrar para Linux: inexistência do pacote Adobe. E, campeão, assim como você, eu uso Mac ;) A questão é: Macs também são uma plataforma de baixa demanda. Se a Adobe lançasse o CS para Linux, muita gente migraria para a plataforma, uma vez que, mesmo decentes para usuários comuns, ferramentas como InkScape e GIMP não substituem programas profissionais. O Linux é mais leve que o Windows, mais ou menos na mesma proporção que o Mac OS (menos em algumas distros e mais em outras, mas nada significativo), então isso possibilitaria que usuários pudessem usar mais recursos com menos hardware, sem precisar pagar a mais por um Mac.
Caio Furtado
Alguns usuários do Linux vão ficar com falta de ar... '-'
@rodrigorsena
Vá com deus, nem usava mesmo, por causa da arquitetura 64 bit... como disse o amigo guilherme Mac ali em cima... \o adeus
Yangm
Já estava na hora de arrumar o Flash do Android, lento que só ele...
Caio Alexandre
TweetDeck para Linux pra mim já estava com os dias contatos desde quando o Twitter comprou a empresa.
@brunogdb
Já esperava isso, e mesmo assim, é uma pena porque o TweetDeck está ameaçado. Temos que arranjar sistemas de clients Twitter melhores, não Adobe AIR. Eu mesmo, quando uso no Linux, eu uso o Echofon do Firefox, porque agora, pode usar fora da janela do Firefox, ou melhor, quando eu usava Linux :(.
Tux
Você é dono de uma empresa e vai dedicar recursos, pessoal, conhecimento para uma plataforma de baixa demanda? Nem tudo é tão simples assim. Alias devs é o que faz uma plataforma móvel por exemplo ter sucesso e devs são atraidos quando uma plataforma é bem usada e que compense o investimento. Existe o CS para mac porque o investimento compensa, porque vende e queira ou não, no mercado desktop, Linux é irrelevante perente o windows, então tem que se ponderar bem o publico alvo ao tentar investir no desenvolvimento de software.
Exibir mais comentários