Início / Arquivos / Jogos /

Processadores da AMD e IBM estão no Wii U

Rafael Silva

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Enquanto a Nintendo prepara para lançar seu Wii U no ano que vem, poucos detalhes sobre suas especificações técnicas foram confirmadas pela empresa. Por enquanto sabemos apenas que ele é capaz de exibir gráficos em alta definição (1080p), terá um formato proprietário de disco baseado no Blu-ray e vai usar um HD de memória flash como meio de armazenamento. Ontem, no entanto, a AMD e IBM e prontificaram em dizer que são responsáveis pelos processadores do console.

A IBM disse que está por trás do principal processador da Wii U, que segundo a empresa contém “a tecnologia mais avançada da IBM” em termos de economia de energia e por causa do seu aspecto de DRAM embutida, ele “é capaz de alimentar o processador com grandes quantidades de dados e assim deixar a experiência do jogo a mais suave possível”. Ok né?

Vale lembrar que o primeiro Wii também tem um processador da IBM, chamado Broadway, então a Nintendo aparentemente só não quis mudar de fabricante. Ou a IBM mostrou que era capaz de produzir um processador melhor para o console de próxima geração e conseguiu se manter como a única fornecedora.

Já a AMD anunciou que é a responsável pelo chip gráfico do novo console, que a empresa diz ser um AMD HD Radeon, criado especificamente para o Wii U. E só isso. Não deu muitos detalhes sobre qual o clock do processador ou nada do tipo, apenas disse que faz parte da família Radeon e tem suporte a ricos recursos multimídia e múltiplos monitores.

O que isso significa exatamente, não se sabe ainda. Poderemos ligar o Wii U em duas TVs ao mesmo tempo? Pra quê? E o Wii U vai poder tocar discos Blu-ray que não forem do seu formato proprietário? A Nintendo não diz. Ao visto, teremos que esperar.