Está cada vez mais difícil entender exatamente o que o Google anda fazendo com o Android. A mais nova decisão da empresa é que aparelhos que tenham sido rooteados não poderão alugar filmes usando o Android Market, com a desculpa de que isso poderia facilitar a pirataria.

Assim, se você possui um tablet ou um smartphone com Android e tiver realizado o root do aparelho, receberá uma mensagem de erro ao tentar alugar um filme pelo novo serviço de aluguel de filmes do Google, o Movies (por enquanto, disponível apenas nos EUA). A mensagem que o usuário recebe é “Failed to fetch license for [movie title] (error 49)“.

Diversos filmes, mas disponíveis apenas com celulares não-rooteados, puros e inocentes

Segundo o Google, essa decisão diz respeito a “exigências relacionadas à proteção de direitos autorais”. Ou seja: por razões completamente desconhecidas, alguém que tenha feito o root no equipamento é um pirata em potencial, e portanto não pode ter acesso aos filmes. O que é engraçado, em teoria é muito mais fácil usar a própria ferramenta de busca do Google para encontrar versões em alta qualidade dos filmes do que descobrir uma forma de pirateá-lo através do tablet ou celular com root.

De qualquer forma, usuários já começaram a questionar essa decisão do Google, revoltados com mais uma tentativa de bloquear ou impedir o uso de um sistema “livre” como o Android. Em tese, não deveria haver problema algum em rootear um celular com Android, quer seja para instalar uma versão modificada do sistema, quer seja para atualizá-lo de forma não-oficial, quando o fabricante desiste de liberar novas versões do Android para o equipamento.

Não custa nada lembrar também que a Apple não faz qualquer restrição a iPhones e outros dispositivos que tenham passado por jailbreak. Irônico, não?

Com informações: Engadget

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Pedro Sacheti
Ok, ok. E qual a diferença de dizer que no Brasil tem mais Jailbreak quando a iTunes Store/AppStore opera em nivel internacional? É lógico que os dados no Brasil são maiores: é só ver o nivel de restrição que o governo impõe e a falta de suporte por parte da Apple.
João Pedro Sacheti
E mais: Boa parte dos aplicativos do jailbreak serviram de "inspiração" [pra não dizer plagiados] pela própria Apple. Eu aposto que sem o Jailbreak, o iOS não teria a famosa AppStore anos luz antes da Android Market e nem as folders.
Gabriel Bemfica
Duas observações bem interessantes: 1 - Com a maior facilidade do mundo você desfaz o root de um aparelho, pelo mesmo app que usa pra rootar. Ou seja: Tira o root, aluga o filme a faz root de novo. Pirataria 1 x 0 Google. 2 - Filmes? Beleza, os peixes grandes da indústria de filmes mexeram seus pauzinhos. E os milhares de desenvolvedores independentes? É ridiculamente fácil piratear um aplicativo num Android rootado (comprando-o, copiando-o para uma pasta onde não será deletado e depois pedindo reembolso no Market, que o apagará do seu local original). Para filmes é uma situação bem mais complicada, envolve mais passos e mais complicados. E, mesmo que o aluguel de filmes dê mais dinheiro à Google do que a venda de apps (algo que duvido muito, mas não achei informações consistentes para comparar), essa grana faz muito mais falta ao desenvolvedor que faz apps para pagar a faculdade do que para um magnata da Time-Warner.
Gabriel Bemfica
Campeão, eu paguei pelo aparelho, ele é meu, eu tenho direito de fazer o que quiser com ele. Pronto, que se dane o modelo comercial da empresa. Gente com iPhone jailbreakado não deixa de sincronizar pelo iTunes, gente com Android rootado não deixa de fazer downloads de aplicativos pelo Market. Isso de "Modelo comercial" é lorota, campeão. Stop trolling ;)
Jairo
Ultima forma, #mundial 91% #original e 9 #modificado
Jairo
Amigão vamos aos #fatos #JAILBREAK #IPHONE #BRASIL 60% MODIFICADO 40% ORIGINAL, #MUNDIAL 91% ORIGINAL 9% ORIGINAL, levantei essa bola para ver quem chutava... e levantar uma discussão sobre o tema... nada alem disso ! sua palavra vale como a de qualquer um... não sou ditador nem venho aqui EMPURRAR minha opinião goela abaixo de ninguem ! Abração João !
Jairo
Vc fazendo um Jailbreak vc quebra o modelo comercial da Apple ! Pronto so isso... !
@JoaoPedroSachet
Isso ai, vamos viver a mercê do que as empresas querem que façamos com nossos aparelhos, afinal, alienação a mais ou a menos não faz diferença né?
@JoaoPedroSachet
Jailbreak não é sinônimo de pirataria. Vc ta apenas destravando o potencial do aparelho. De que vale eu comprar um iPod se não posso fazer o que quiser com ele?
@JoaoPedroSachet
É a minha palavra contra a sua. Mas pra desempatar esse jogo, o site do Saurik (Criador do Cydia, presente em todos os aparelhos com Jailbreak) existem 2 milhões de aparelhos com jailbreak. E Steve Jobs não iria querer perder 2 milhões de clientes, a Apple acima de tudo preza pela satisfação do consumidor
Jairo
Exatamente ela tem que dar o exemplo !
Jairo
Interesses econômicos da indústria fonográfica ou da indústria cinematográfica à parte fato é que tanto o Jailbreak como o ROOT altera o modelo econômico e interesse das empresas então nada mais justo que elas se defendam ! Porque sem dúvida as pessoas preferem pagar por isso ! ou estou enganado ?????????????
Jairo
Assim como o Jailbreak o Root altera os interesses das empresas que produzem os aparelhos, chega !
Jairo
A RIAA tem meu TOTAL E INCONDICIONAL APOIO ! Se quiser assistir ou ter qq conteúdo com propriedade intelectual de terceiros, VAI TER QUE PAGAR POR ISSO !
Jairo
Uma vergonha essa pirataria sendo o próprio google uma das maiores ferramentas de busca para achar tal conteúdo..
Exibir mais comentários