Quando um usuário instala um Windows 7 (ou qualquer outro software) pirata em sua máquina, ele deixa de pagar possivelmente algumas centenas de dólares para a Microsoft. Se fôssemos somar todos os softwares piratas instalados no mundo, esse valor chegar aos bilhões de dólares. Mais precisamente, a US$ 59 bilhões, informa The Next Web.

Bill Gates não gosta disso

A discussão sobre esse assunto é interessantíssima. Tem quem defenda que as empresas não deixam de ganhar essa fortuna por causa da pirataria, pois não há garantias de que o usuário de software compraria esse produto caso a opção de obtê-lo ilegalmente não existisse. Mamilos Polêmicas à parte, o estudo que revela essa cifra, conduzido pela Business Software Alliance (BSA; a Aliança do Software de Negócios), indica que a pirataria cresceu 14% no ano passado.

Os países emergentes são os principais responsáveis pela pirataria de software no mundo. O centro e leste europeu junto com a América Latina veem uma taxa de pirataria de 64%, seguido da região da Ásia-Pacífico, com 60%. Os Estados Unidos e o Japão têm a menor taxa de software pirata: 20% do total de aplicativos instalados nesses dois mercados.

Embora a pirataria de software seja grande, o valor dos aplicativos piratas somado está distante do total vendido pela indústria de software mundial. São US$ 59 bilhões em software pirata contra US$ 98 bilhões em software legítimo, devidamente comercializado.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jairo
É fato @Paulo é cultural .. é mundial.. isto existe desde ANTES DE CRISTO...
@samuell_b
hn... Ainda acho que eles deveriam vender o Windows em revistas. Imagine: um preço menor, porem mais acessível, só que vendido em larga escala: $$
@samuell_b
Serei programador e não sei usar o office!
Guilherme macedo
@Paulo Freitas Você já leu a definição de roubo? Não estou dizendo que PIRATARIA é certo, mas roubo e pirataria são coisas diferentes, por isso uma comparação com carros que o @Eduardo fez é errada.
@arlyssb
Na boa, seria muita prepotência da minha parte falar que 250, 300 reais num Windows 7 Home PREMIUM não está tão caro quanto falam? Sim, é possível comprar um Windows 7 Home Premium com exatos R$ 248,24. Basta pesquisar na internet. Com 200 reais você compra um pacote do Office com TRÊS licenças. Acredito que pra usuários domésticos, esta versão atende sem problemas. Tem uma galera que instala o Ultimate e não sabe nem quais são os diferenciais dele. Usa pra jogar e ver vídeos. Enfim, acho que podem até usar a desculpa do desvio cultural de caráter, porque no quesito PREÇO, a Microsoft já baixou bastante pra nossa realidade.
Eduardo C. Rocha
Mude-se para Cuba ou para a China. Lá o capitalismo não é bem vindo. Aliás, só para Cuba. A China é capitalista.
Marcio
Significa que se a Microsoft vendesse o Windows 7 ou 8 Ultimate (e abolisse as outras versões) por 1 dólar, ganharia automaticamente quase 60 bilhoes de dólares. E isso vale para TODOS os softwares.
acustodioo
"distro de linux se tornarao pagas" Hã? O.õ Linux é o sistema operacional mais usado no mundo e está sob licença GPL.
Claudio
Fico impressionado um programador não saber usar o Office, mas cada um é cada um. Não acho necessário fazer um curso avançado, mas hoje qualquer um é "obrigado" a conhecer o office. Um relatório para o chefe, uma apresentação (pps) para a empresa, uma planilha de gastos mensais é o mínimo. Em relação ao software pirata é complicado exigir coisa diferente da maioria da população. É só comparar os custos.
Caio Furtado
E haviam boatos dizendo que a pirataria estava na pior... Porrãn.
Paulo Freitas
Como li dias atrás (esqueci a fonte e as palavras originais)... As pessoas não têm dinheiro para comprar música/software/whatever original, mas gastam dinheiro com fazendas virtuais.
Paulo Freitas
FATO! Independente do preço, vão continuar pirateando, principalmente no Brasil e China. É cultural como você disse, as pessoas já nascem com a idéia de querer levar vantagem em cima dos outros.
Paulo Freitas
@Guilherme macedo Pegar da Microsoft um Windows não-licenciado não é roubo? Mudou de nome? :)
Leandro
Corrigindo, não seriam Pc’s piratas, e sim softwares (programas/sistemas operacionais). No caso, o valor pago são para as licenças, que são ações autorizadas (ou proibidas) no âmbito do direito de autor de um programador de software de computador concedidas (ou impostas) ao usuário deste software. Concordo com o que disse sobre restrição, se a Microsoft quisesse restringir o uso de seus softwares piratas, o faria. Mas se assim fizesse, não haveria pessoas usando seus sistemas. De fato os softwares da Microsoft são fáceis de usar como Windows 7, Microsoft Office. Eu utilizo tanto Windows quanto Linux. E considero uma questão de finalidade, necessidade, meio, e outras coisas mais o uso de um determinado sistema operacional. Gostaria de colocar em ponto algumas perguntas: Se você fosse programador, faria um sistema de graça? O valor cobrado pela Microsoft não poderia ser menor, já que as maiorias das pessoas fazem uso de seus softwares? Por que empresas de softwares como a Microsoft, Adobe cobram valores exorbitantes? Por que a pirataria é enorme? Considerando que pirataria seria não pagar pelo uso do software. Pense você como um empresário e os softwares como produto. Considere também que as maiorias das pessoas no planeta fazem uso de seus softwares. Pense também como um usuário do software. Recomendo o uso do Windows, como por exemplo, o Windows 7, recomendo o uso de Linux, como por exemplo, o Ubuntu. Não fico preso ao uso de um determinado sistema. Um Software possui finalidades, funcionalidades, é fácil ou difícil de utilizar, são produzidos por grandes, médias e pequenas empresas ou programadores. Envolvem questões de praticidade, segurança, custos, pessoas, entre outros fatores. Estamos evoluindo constantemente. Respiramos tecnologia.
@Masterwebinter
Nem ligo para esses números, afinal 50% resolve baixar um xp pirata que procurar seu cd de instalação, ou levantar a big ass da cadera pra olhar no gabinete do pc o serial, ou então aqueles que arrancam todos os adesivos do pc e arrancam o serial junto (leia-se eu arranquei o serial do meu gabinete xD). Na verdade a M$ lucra com as licenças OEM.
Exibir mais comentários