Início / Arquivos / Internet /

Facebook contratou assessoria para falar mal do Google

Rafael Silva

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Digamos que você seja o manda-chuva de uma rede social que tem o seu nome envolvido em alguns problemas de privacidade. O que você faz? Tenta resolvê-los com a ajuda da comunidade ou paga uma firma de relações públicas para falar mal de um concorrente e dos seus problemas de privacidade? Se o seu nome for Mark e o seu sobrenome Zuckerberg, a primeira alternativa parece tentadora, mas você vai escolher mesmo é a segunda.

Facepalm fortíssimo para o Facebook

Segundo e-mails vazados por um blogueiro americano (pff! quem pode confiar em blogueiros hoje em dia?), a empresa de relações públicas Burson-Marsteller tentou contratá-lo para escrever posts falando sobre os problemas de privacidade do Google.

Essa não foi a primeira vez: outros veículos de mídia americana já receberam sugestões de pauta da empresa com o mesmo tom, incluindo jornais conceituados e sites conhecidos. A Burson-Marsteller de início não revelou quem era o cliente que estava pagando para sugerir pautas contra o Google, mas admitiu depois que o Facebook os havia contratado.

Em sua defesa, um porta-voz do Facebook declarou que a empresa está “legitimamente preocupada com os problemas de privacidade que o Google tem” e também está “indignada com as tentativas do Google de usar dados Facebook em alguns dos seus serviços sociais”. E provavelmente ficou mais indignado quando sua campanha acabou saindo pela culatra.

Acho que a imagem que fiz para esse post já resume com bastante exatidão o que eu acho dessa situação toda.

Com informações: Slashgear.