Início / Arquivos / Antivírus e Segurança /

Fotos de Osama Bin Laden morto são armadilha para vírus

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Todos estamos bastante curiosos no que diz respeito ao anúncio feito pelo presidente americano Barack Obama de que Osama Bin Laden foi morto. Ainda assim, esse motivo não é suficiente para sair clicando em links e abrindo anexos de pessoas desconhecidas, apenas para matar a nossa curiosidade. Pode ter certeza: mensagens desse tipo são tentativas de disseminar vírus.

E o mesmo vale para mensagens nas quais Bin Laden supostamente prova estar vivo, mesmo depois de os Estados Unidos anunciarem a sua morte. De acordo com a ESET, fabricante do antivírus NOD32, a morte de Osama Bin Laden tem servido de isca para golpes virtuais no Brasil.

Uma das mensagens que circulam pela interwebs tem no assunto: “Veja vídeo em que Osama Bin Laden aparece segurando jornal com a data de hoje”. A mensagem linka para uma suposta reportagem publicada pela Globo.com. No entanto, trata-se de mais uma forma encontrada pelos criminosos para atrair a atenção dos internautas. Twitter e Facebook também são usados para essa finalidade.

Mensagem de e-mail com supostas imagens de Osama Bin Laden vivo

Mensagem com supostas imagens de Bin Laden vivo levam usuário para página com vírus (imagem: reprodução/ESET)

O motivo para apagar mensagens com a pretensa foto de Bin Laden morto é um só: esse tipo de imagem não existe. O governo americano informou que não vai publicar imagens de Bin Laden depois de morto. Se você receber alho desse tipo na sua caixa de entrada, desconfie fortemente. A menos que o remetente seja um tal de Julian Assange, pode apagar a mensagem sem dó nem piedade.