O disco do jogo Mortal Kombat 9 para PlayStation 3 que foi parar nas mãos do jovem amazonense Kaleb Kettle acabou trazendo uma leva de problemas para ele. O fato do game ter vazado antes do início das vendas oficiais não agradou muito seus criadores, os fãs da saga nem as empresas envolvidas na sua produção. Por isso a Polícia Civíl iniciou uma investigação para tentar descobrir o responsável, que foi encontrado e teve seu nome divulgado hoje.

O nome dele é Márcio Roberto Santos de Souza e ele seria um ex-funcionário da Sony que trabalhava no setor de injeção da empresa. Ele teria sido demitido antes da descoberta do furto do jogo, e segundo a Sony a demissão ocorreu por redução de custos. Márcio teria uma parceria com um vendedor ambulante que fica na zona leste de Manaus, para quem teria vendido algumas cópias do jogo que foi então comprado Kaleb. Como o vendedor colaborou com as investigações, seu nome não foi revelado, mas ainda assim ele foi indiciado por receptação e violação dos direitos autorais.

Já Márcio Roberto prestou depoimento à polícia essa semana e logo após foi indiciado, dentre outras coisas, por furto qualificado e violação dos direitos autorais. Ele deverá responder ao processo em liberdade porque não houve flagrante. A investigação foi iniciada pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações e o responsável por ela é o delegado Orlando Amaral, mostrado na foto acima. A investigação ainda não foi encerrada porque uma das cópias do disco ainda não foi encontrada.

Com informações: Mano Reporter. Dica do leitor Carlos Eduardo. Valeu, Carlos!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

digokill
iiiiii eles só forão atras disso pq é a sony quria v c fosse a minha fita demo de musica kkkkkkk c ta d brincadera
Caio Furtado
Sim, desde carros a bicicletas. TB é compromisso!
Guilherme Mac
A diferença é q lá os funcionários são espancados e depois, misteriosamente, cometem suicídio.
Rafael Silva
Nós sempre damos crédito, não importa o nome do veículo. :B
Mano editor
Qual é mano nóis é organizado tá ligaduh? Fmz mano
Turdin
Parabéns ao Brasil e aos policiais envolvidos nisso, mostrando aos outros países que tem seriedade suficiente para resolver o caso e dar segurança as gravadoras e produtoras! PS: MANO REPORTER?!!!!!
Rodolfo Gomes
Realmente será ótimo pra indústria brasileira (e, consequentemente, para os consumidores brasileiros) um episódio como esse repercutindo dentro de uma filial tão importante, né? Mas fazer o quê, se teve tanta "graça" pro tal Kaleb...
j2k
é cana amigão...
@brunogdb
Isto me lembra uma empresa de maçã e um país que tem olhinhos fechados...
Jairo
Você tem certeza que leu a matéria ? ou quis ser apenas o primeiro a comentar ? "Ele teria sido demitido antes da descoberta do furto do jogo, e segundo a Sony a demissão ocorreu por redução de custos..."
@DiegoZaia
Esse Marcio e o Kaleb foram os maiores trolls da industria brasileira. uuauauau
chuvadenovembro
Caramba, Gostaria de saber por quanto este cidadão se corrompeu e qual era o salário dele, p/ ter tido uma atitude dessas.