O iPhone 4 foi anunciado oficialmente em junho de 2010 e ele, ao menos em teoria, seria vendido em duas cores: preto e branca. Mas isso nunca aconteceu. Essa versão estava perigosamente perto de se entrar na categoria de seres místicos e fantasiosos, ao lado de unicórnios, o monstro do Lago Ness, elfos e o Saci Pererê. Foi apenas hoje que a Apple anunciou o começo de vendas da versão em cor branca do aparelho, que deve estar disponível em lojas de operadoras e da Apple a partir de amanhã.

Wozniac mostra seu iPhone branco em entrevista à CNN

O motivo do atraso nunca foi divulgado oficialmente pela gigante de Cupertino, mas os rumores indicariam que o controle de qualidade não deixou que o celular fosse liberado antes da época. E por ‘controle de qualidade’ leia-se ‘Steve Jobs não gostou do tom de branco amarelado que ficou no aparelho finalizado’. Um adolescente americano chegou a vender um kit de transformação, que vinha com painéis brancos e instruções de como mudá-los, mas a equipe de advogados da Apple prontamente fez ele desistir.

Como o Brasil ainda não é um país importante o bastante para a empresa, o iPhone 4 branco não estará disponível por aqui ainda. Se você quiser um, basta comprar uma passagem para os EUA, Canadá ou um país da Europa (veja a lista completa aqui), procurar um deles nas lojas da Apple e voltar para cá. E se preparar para travar uma batalha contra o desbloqueio por jailbreak.