Início » Arquivos » Aplicativos e Software » Use o Office e pague só no fim do mês

Use o Office e pague só no fim do mês

Pacote mais barato custa US$ 6 mensais por usuário.

Avatar Por

Ainda não existe nenhuma maneira de pagar apenas pelo tempo que você usou um software — seria uma beleza! —, mas algumas empresas seguem tentando achar um modelo viável para esse tipo de negócio. Não é à toa que o SAAS (Software as a service) está ganhando espaço em grandes empresas. Agora é a vez da Microsoft cobrar pelo uso do Office somente no fim do mês.

O modelo de assinatura do Office foi anunciado no ano passado, sob a horrenda alcunha de Office 365. A ideia da empresa é fornecer tecnologia para produtividade seja por meio de software instalado nas máquinas das empresas, seja por meio da computação na nuvem. Por enquanto ele ainda não foi completamente liberado, mas a Microsoft anunciou nessa segunda (18) o estágio Beta do serviço.

Para empresas de porte menor há o serviço mais simples. Vai custar 6 dólares mensais por usuário. Se você é um empresário cuja firma tem 15 funcionários, deverá desembolsar 90 dólares mensais para a Microsoft. Usando o câmbio de hoje, seria o equivalente a R$ 145 aproximadamente.

Office Web: 6 meses para interface ser traduzida

Pena que os recursos oferecidos nesse pacote mais simples são tão mixurucas. Enquanto a Adobe libera o uso do Photoshop completo nos planos de assinatura mensal, a Microsoft dá direito apenas a e-mail, calendário, Lync, SharePoint e (veja só) Office Web Apps. Não custa lembrar: o Office Web não custa nada para qualquer zé ruela com uma conta Live.

De qualquer forma, o Office 365 não está disponível no Brasil. Mais uma vez a MS esquece do nosso país, mesmo tendo tantos parceiros por aqui.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Janete
Temos produtos para todos os tipos de cliente no mercado global. O numero 365 significa que esta disponivel nos 365 dias do ano pois esta nas nuvens e a Microsoft oferece 99.9% SLA. Voce podera usar o beta trial gratuito para realmente chegar a uma conclusao final. Exchange , sharepoint e lync...$6.00!
Turdin
"então eles podem fazer isso" Ai ai ai, esses "tards" são complicados...
Alexandre
vai ficar bom mesmo quando esse servico tiver todas as funcionalidades do office
@AntonioVeras
Não. Obrigado!
Kadu
Fato que ele só falou um fato: O Office Web é grátis!
Rafael The Mist
Só eu lembrei que existe um site de jogatinas online (cada vez mais na mira das polícias federais mundo afora) com a marca terminando em 365? Não pega muito bem essa associação, mesmo que subliminar.
Ricardo
A MS me faz rir muito kkkkkkkkk olha a idéia dos caras, é porque brasileiro é tudo preguiçoso mesmo, porque ninguem precisa do Office, é só baixar o LibreOffice e ser feliz, fora que o o Libre usa um sistema de arquivo aberto (que a ideia é ser compativel com todos os programas) mas as empresas adoram bagunçar o coreto, microsoft no topo da lista, eu nem vou citar a apple, porque a ela faz isso tambem, POREM, os produtos da apple dão de 1000 x 0 nos produtos da microsoft, então eles podem fazer isso!
Matheus
mesmo assim prefiro o google docs....
Rodrigo
Plenamente de acordo. Enquanto a MS se amarra, daqui a pouco a Google lança uma suíte de programas para complementar o Google Docs. E aí, já era... Sem gastar um centavo!
tiago
fato que você é puxa saco de Bill Gates
@matheusortiz
Creio que teremos que aguardar para analisar se vai existir alguma vantagem nisso. Se usarmos como base as informações iniciais fico com o Google Docs na nuvem e o LibreOffice local. Custo zero e alta produtividade. :)
@marcoscorreia1
Incrível como você conseguiu em poucas palavras criar uma péssima impressão sobre a solução. Parabéns! www.office365.com
Yuri Ramos
Se houvesse uma forma de pagar por tempo utilizado, vc pode ter certeza que a produtividade iria aumentar e muito - pelo menos a de profissionais autônomos.
Caio Furtado
E é pra zé ruelas, olha só que vantagem!
Thássius Veloso
Mas o Office Web também é. :P
Exibir mais comentários