Início » Arquivos » Celular » Governo diz que Apple produzirá iPad no Brasil

Governo diz que Apple produzirá iPad no Brasil

Linha de montagem está garantida, afirma ministro de Ciência e Tecnologia.

Avatar Por

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, colocou um ponto final nos boatos e confirmou que a Apple irá, de fato, abrir uma linha de montagem no Brasil em parceria com a chinesa Foxconn, que deverá ser responsável pela montagem do tão especulado iPad nacional.

Aloizio Mercadante (foto: Agência Brasil)

A revelação aconteceu em Pequim, durante um encontro dos governos do Brasil e da China, em que a companhia chinesa anunciou sua intenção de investir US$ 12 bilhões (R$ 18,95 bi) no Brasil.

De acordo com o ministro, os primeiros aparelhos deverão deixar a fábrica nacional em direção às prateleiras locais “até o final de novembro deste ano”, mas ainda não foram detalhados os prazos e locais em que os investimentos serão realizados. “As condições da produção ainda têm que ser detalhadas, assim como seu local e logística”, completa o ministro.

Os boatos de que a Apple abriria uma linha de montagem no Brasil existem há pelo menos 10 anos, mas eles ganharam força desde o último mês de novembro, quando o bilionário Eike Batista revelou suas intenções de produzir o iPad do lado de cá do Equador. No começo do mês alguns jornais noticiaram que a produção da empresa da maçã estaria prestes a chegar ao Brasil com uma ajuda da Foxconn, responsável pela montagem dos aparelhos da Apple na China e que tem uma filial instalada na cidade de Jundiaí, no interior de SP.

Com informações: G1.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Henriques
Também acho isso, provavelmente o preço diminuirá nessa faixa dos 10%.. e olhe láa né u.u
Caio Furtado
Se baixar os impostos, serão muito poucos. Se o preço cair 10% ainda acho muito.
Turdin
Vá nos nossos vizinhos e compare, dai vc vai saber se é barato...
Matheus
Agora em vez de salários baixos na China e gente se suicidando vai ter aqui no Brasil também... O ideal seria trazer a parte nobre para cá (o desenho, a ideia, a engenharia, fábricas de chips e componentes, etc.), porque quando vemos um iPad, no verso está escrito "Designed by Apple in California" e "Assembled in China" seria bom não ter montadoras usando e explorando mão de obra barata no Brasil. Porque vocês acham que os produtos não são montados nos EUA ou em países desenvolvidos?
Jack
O preço vai ser o mesmo, o (ganância) Custo Brasil vai provar!!!
Samuel Barbosa
O iPad é sucesso de vendas, o Galaxy encalha. Basicamente isso, se você mexer em um iPad e depois em um Galaxy Tab vai descobrir a diferença em minutos.
Rodrigo Fante
Na verdade desde o começo do governo da Dilma se discuti incentivos fiscais para tablets e a confirmação dessa intenção foi o impulso necessário para Apple achar conveniente conversar com a Foxconn de fabricar aqui. Mas havendo descontos/isenção de impostos será para toda categoria de produtos obviamente.
Vinicius Kinas
Porque o iPad tem um logo da Apple atrás. =/
Pedro Ivo
Comparar combustivel do brasil com o europeu é piada. A europa não produz petróleo. O brasil tem e de sobra, além do mais com o pre-sal. A nossa gasolina não depende de mercado internacional, não tem haver com o egito ou líbia. É cara por interesse de grupos em detrimento da população. Nota zero para o aumento dos combustíveis. Também prefiro ipad de 3mil a gasolina de 3reais.
LHRS
O que você comentou não infligi em nada meu comentário, pelo contrario se fosse isso mesmo que você disse (que não é pois segundo o governo lula o governo era a favor de energia nuclear para bens pacíficos.) o governo estaria naquela época tomando uma posição ainda mais errada. E sobre o desenvolvimento de armas nucleares no/para brasil, a população é totalmente contra , se não fosse, até hoje aquele projeto da ditatura militar estaria de pé ainda.
henrique
Guilherme, o Galaxy não recebe incentivos por que o Tablets ainda não foram incluidos na lista de produtos de informatica com incentivo fiscais, quando os tablets começarem a receber incentivo, todos os fabricantes erão agraciados. Há tambem incentivos visando a construção da fabrica por causa do empregos gerados mais não leva em conta se ela vai fabricar tablets os palitos de fosforo. afinal estão se especulando dezenas de milhares de empregos !!! O ministro paulo bernardo quer popularizar os Tablets de todas as marcas pra incentivar a inclusão digital e até mesmo substituir os livros didaticos de papel.
henrique
Bobinho não acredite em tudo que ler !!! o Brasil flertava com o Irâ na questão nuclear, pra enfrentar a proibição da ONU e conseguir fabricar nossa Bomba Atomica tambem. Os militares brasileiros querem a Bomba. afinal, acha que iremos defeder nosso petroleo com garunchas velhas como os iraquianos ????
Rodrigo Fante
Essa pensamento terceiro mundista que afunda nosso país, o povo acha que o governo tem que baixar preço, regular mercado, o governo tem que pegar esse monte de imposto que arrecada e gerar um povo mais educado, culto, qualificado, isso vai aumentar a renda de cada um, vai aquecer a economia e todos ganham. Mas isso é o que menos se cobra e deveria ser o principal. É como dizem, o resultado não é imediato, logo não dá voto.
Rodrigo Fante
Péssimo exemplo, embora ela possa regular artificialmente o preço do combustível se quiser, essa prática é insustentável a longo prazo, nosso combustível comparado com o Europeu é barato, na Itália onde morei por exemplo, 3 anos atrás custava 1,33 euro, ou R$3,12, como o barril do petróleo só vem subindo de preço, deve ter subindo bem por lá também.
Guilherme Mac
O preço será menor, mas mesmo que não seja, e fique igual, isso vai gear empregos diretos e indiretos, e impostos (mesmo que indiretos), q custeiam os investimentos estatais. Coisa boa, não?
Exibir mais comentários