Uma empresa convenientemente chamada Commodore USA está preparando uma releitura do clássico computador Commodore 64, distante das prateleiras há 28 anos. Lançada em 1982, a máquina original foi uma pioneira da computação doméstica e era equipada com um modesto processador de 1 MHz com 64 KB de memória – potência inimaginável para os dias atuais – devidamente instalados dentro de seu icônico gabinete/teclado.

Novo Commodore 64: saudosismo é isso aí.

Anunciado sem muito alarde em agosto e demonstrado em conceitos 3D em dezembro, o Commodore 64x já tem um dos primeiros protótipos funcionais, como mostram as imagens obtidas pelo site Pocket Lint. As fotos mostram que o novo computador deverá ter uma plataforma moderna e unidade de disco ótico, além de quatro entradas USB, duas seriais (mas hein?) e saídas de vídeo VGA, DVI e HDMI – essa capaz de suportar reprodução de vídeos em 1080p. Já o modelo original gerava gráficos em 16 cores com a resolução de 160 pixels por 200 pixels.

Lateral do novo Commodore 64: improvisado

De acordo com a fabricante, a releitura deverá ter entre 3GB e 4GB de memória RAM e todo aquele jeitão anos 80 de ser, mas a empresa não dá qualquer pista a respeito do sistema operacional da máquina. Aos interessados, a Commodore USA também se dedica a produzir um computador chamado Commodore Phoenix (basicamente um notebook sem tela, com direito a trackpad e leitor de cartões) e a umas réplicas de computadores Amiga.

Com informações: Pocket Lint e Commodore USA

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edson
Quero pedir licença pra dar minha opinião, quem nunca mexeu num Comodore não vai NUNCA ter uma pequena noção do significou isso na história da informatica, essas maquinas da COMODORE desafiaram as potencias da Microsoft e Mac, com preços baixissimos, era muito fácil domina-lo e sua técnologia muito superior ao da Microsoft, só era comparavel ao MAC , porem com preço muito acessivel e tudo nele era muito pratico e barato, eu tinha um Softwere de fazer trabalhos em 3 D que cabia num disquete, o monitor vc podia usar uma TV qualquer. Quem não sabe o que foi isso não ironize dizendo besteiras, pois isso só vai provar sua ignorância. Não devemos subestimar o desconhecido.
Thássius Veloso
Corrigido. Obrigado!
Thiago Sabaia
O pior e que ele ainda tem DVI e HDMI.
Ricardo
Nem imaginei que iam renovar isso. Tenho um dos anos 80 do meu pai.
Ramon Melo
Não é uma releitura do Commodore, é um computador otimizado para aplicações multimídia, uma alternativa aos BD/DVD players da sala, só que com um visual vintage. Falando em linguagem tecnoblogueira, é um Mac Mini disfarçado de Commodore64.
Guilherme Carlos
Putz, eu queria tanto um desse!
Rafael The Mist
Esse aí é só para fanzoca mesmo.
Breno Luiz
Tem fonte? ou usa bateria?
Eliezer
No ML tem dois a venda !!!
@nelson_integra
Fico imaginando um novo MSX HotBit. Ganhei um quando tinha 9 anos e veio com o jogo Bean Rider (acredite se quiser, o jogo é futurista até hoje). Nenhuma tecnologia conseguiu superar o entusiasmo que tive com aquele 8 bits limitado. Também achava um charme aqueles TK-90, TK-85 que tinham aqueles caracteres ASCII estendidos nos botões. Acho que os mais novos da TI não devem entender isso.
@cobalto
Fotos na pia de um banheiro com essa carcaça de plástico de garrafa de desinfetante. Espero que a fonte da notícia seja muito confiável, porque senão. Me lembra o caso do "notebook com Chrome OS" que vazou com fotos tiradas no "refeitório" da empresa, que nada mais era que a casa do trollzinho que fez as imagens.
Márcio Gomes
Só mesmo colecionadores ou fanboys vão adquirir esse novo Commodore, porque com certeza vai sair muito caro para um configuração "mais ou menos".
@ThiagoCapuano
Mas sei lá, as imagens está parecendo que alguém fez isso na cozinha de casa... ow, a noticia é quente ou alguém ai pegou a carcaça do comodore e colocou uma placa recente dentro.
@ThiagoCapuano
Acho que eu tenho algo semelhante aqui hueheuheuheu
Caio Furtado
[2]
Exibir mais comentários