Início » Arquivos » Internet » Microsoft desiste do Silverlight em seu novo site

Microsoft desiste do Silverlight em seu novo site

Novo portal tem elementos visuais do Windows Phone 7.

Avatar Por

E já que não é raro falarmos de design aqui no TB, eu preciso ressaltar que nessa quinta-feira entrou no ar o novo site da Microsoft. Acho que, pela primeira vez, MS finalmente assume certos conceitos da identidade visual do Windows Phone 7 no seu principal portal, que é referência para muita gente em busca de informações sobre produtos variados, como o Messenger ou o Windows 7.

A mudança, por enquanto válida somente para usuários dos Estados Unidos e do Reino Unido, tira proveito das mais variadas animações que você pode imaginar. Foi-se o tempo em que o site da Microsoft apresentava-se estático. Logo de cara, o usuário deve escolher se quer ver os destaques para uso pessoal (“for home”) ou para uso profissional (“for work”). A partir, os destaques ficam se movimentando na tela a todo o momento.

Nada de Silverlight

Quer saber de onde eu tirei que lembra o Windows Phone? Basta olhar os botões do controle de destaques. Tanto o avançar, como o retroceder e ainda o pause utilizam o mesmo design dos controles da plataforma móvel da Microsoft.

O novo design do site da Microsoft expurga de vez o Silverlight, aquele plugin que tinha tudo para concorrer com o Adobe Flash. Pelo que eu vi, nenhum elemento da página faz uso dessa tecnologia, o que significa que a MS adotou uma postura de acolhimento aos padrões web.

Repare que o slogan do site da empresa também mudou. Lá no topo podemos ler “Be what’s next”, o que poderia ser traduzido “Seja o que é próximo” (com “próximo” no sentido de futuro). O Rafa, editor do TB, me garantiu que a empresa terá dificuldade para traduzir esse slogan para o nosso bom português.

Acesse aí: microsoft.com. E depois me diga o que achou.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Alexandre
"... em altas confusões com uma galerinha do barulho". :P
Caio Furtado
Vai ser meio redondo... *BADUMTSS*
vinicius
vai ser lindo! pq essa interface é muito bem feita
Thássius Veloso
Acho que ninguém aconselharia em são consciência que usassem o Flash para produzir o site de uma empresa. No entanto, alguns "módulos" de ambas as tecnologias são bem concorrentes. Por exemplo, player de vídeo.
Breno
De uma vez por todas: O Silverlight não é concorrente do Flash! Não tem nada a ver! Outra coisa, o Silverlight não é feito para sites institucionais, ele serve para "Aplicações Ricas". Ninguém, em sã consciência, aconselharia o uso do Silverlight para fazer o site de alguma empresa.
Gabriel Bemfica
Eles simplesmente (até onde eu sei) nunca usaram no site. Se usassem antes e parassem de usar agora, essa afirmação estaria sim certa.
Gabriel Bemfica
Mas isso não é o foco principal do Flash. Se é usado assim, é incorretamente. Mas, desde os tempos da Macromedia, o Flash é muito mais voltado para aplicações. No CS5, por exemplo, a página inicial do Flash mostra muitíssimo bem isso, "Banners" é só um dos diversos modelos apresentados. Além disso, o AIR e aplicações para iOS, por exemplo, são bem destacados, dá a entender sim que o foco do Flash é bem maior do que o de desenvolvimento de banners (até porque, convenhamos, ninguém suporta banners em Flash).
Gabriel Bemfica
Isso só seria verdade se o slogan em inglês fosse "Always ahead", ou algo do tipo.
Gabriel Bemfica
Faz sentido :P
Gabriel Bemfica
Apesar de primar pela limpeza em interfaces, não acho que, num site multi-propósito (portal institucional, suporte, portal de vendas, etc) como o da MS seja viável simplificar demais. Se eles não fizeram tudo o que puderam, chegaram num ponto muito próximo disso.
Gabriel Bemfica
Com o HTML5, isso fica um tanto quanto estranho. Há muito poucas coisas que não dá pra fazer com a nova iteração da linguagem.
Gabriel Bemfica
Realmente, só vi ele no site da MS. Mas, pelo menos no meu Mac OS, roda tranquilo. Não sem em Linux. Mas ele é realmente melhor em termos de desempenhos e, pelo que ouvi falar, é mais fácil de programar.
Gabriel Bemfica
Pensei nisso também :P
Ramon Melo
Curto e direto.
Ramon Melo
Não é multiplataforma e, honestamente, o único lugar onde eu vi isso sendo usado foi no site da Microsoft.
Exibir mais comentários