Uma das grandes vantagens da tecnologia LED é ser bastante econômica em termos de energia. O chamado light-emitting diode (ou diodo emissor de luz, em bom português) usa muito pouca eletricidade para emitir luz, além de gerar um brilho igual ou até maior quando comparado com outras tecnologias como o LCD. Por esse motivo, os LED não são usados apenas em telas, mas em lâmpadas e projetores também. E hoje vai ajudar a iluminar um dos maiores monumentos brasileiros.

A nova iluminação do Cristo Redentor vai ser inaugurada hoje às 19h, em comemoração aos 446 anos da cidade do Rio de Janeiro e 80 anos do monumento. Ela vai contar com mais de 300 projetores de LED de última geração, segundo a prefeitura. A economia de energia (e, consequentemente, de dinheiro também) é gritante: enquanto que a iluminação anterior gastava o equivalente à 40 chuveiros elétricos de energia, a nova vai gastar o equivalente a 2. O carro que leva turistas ao monumento também vai ganhar uma iluminação toda em LED.

O sistema de iluminação também é completamente informatizado, permitindo o controle de intensidade e temperatura de luz. Esse projeto foi concebido pelo artista plástico Peter Gasper, executado pela RioLuz e supervisionado pela Iphan.

Com informações: OGlobo. Foto sob licença CC do usuário kenjiys no Flickr

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

LUZ e LED
Bom dia a todos... Vou tentar responder e esclarecer algumas dúvidas aqui. Peter Gasper é Light Designer, atuante no Brasil desde 1961 (50 anos), ele não só fez o projeto do Carnaval do Rio como também da Catedral e Palácio do Planalto (BSB), MAM (Niterói), Pão de Açúcar (RJ), etc. Quanto ao foco dos refletores de LED, tem padrão de qualidade, diferentemente dos LEDs de carro da DEAL. Cada refletor tem 36 high power LED e com Beam Angle (foco) de 6° e 25° escolhidos e calculados para se ter uma luminância equilibrada e homogênea em toda a área do Cristo por 300 refletores Wall Washer Shield AC XB-36. Em relação ao valor investido: foi patrocinado pela OSRAM do Brasil por conta dos 80 anos do Cristo Redentor sendo uma forma de divulgação da nova tecnologia da empresa. A Arquidiocese é quem investe no projeto e nos profissionais. A Rio LUZ agradece a sustentabilidade e a economia de energia do planeta. Pois, levando em consideração que são apenas 53W por luminária totalmente acesa, há uma economia real e mesmo que fosse gasto o valor de compra, o PAY-BACK se daria em pouquíssimo tempo, já que para conseguir a mesma quantidade de lúmens teríamos que utilizar pelo menos refletores de 400W com lâmpadas de descarga e alta eficiência Luminosa. Mais sobre LED: http://luzeled.com.br Espero ter ajudado.
Caio Furtado
Ai é querer saber demais né...
Caio Furtado
Amém.
Eryck
Já que estamos nessa de corrigir. Chatice se escreve com 'c'. Quanto ao Iphan. Concordo com vc. (A rima não foi de propósito.)
Gabriel Bemfica
Lâmpadas multi-LED são conhecidas por não terem bom foco (por exemplo, nos EUA, salvo me engano, é proibido usar no carro aquelas lâmpadas automotivas de LED que você compra no DealExtreme), somente empresas grandes (as montadoras de carro são um exemplo) acabam investindo na resolução desse tipo de problema. Será que o tal Peter Gasper (que, por sinal, já é conhecido no RJ por fazer a engenharia de luz de algumas escolas de samba) pensou nisso? Espero que sim.
Gabriel Bemfica
Resposta óbvia: gasta 1 ChEl (abreviação criada por mim para a nova unidade) de energia!
Fredson Sousa
Será quantos LEDs tem em cada refletor?
Gabriel Silva
Isso é ótimo. Dinheiro que seria gasto com iluminação cara, agora pode ser aplicado na saúde, segurança e em outras áreas, pelo menos teoricamente. Vivas aos LEDs.
Alexandre
os cofres publicos agradecem!
? Renato Gasoto
Dizer de fato nao disse, mas se analizar a coerência do seu texto... Por favor, releia a parte do seu texto que conseguiralá perceber que da muito a entender que a fonte de brilho nas TV's é o LCD, quando na verdade não é. O motivo da critica foi construtivo, e eu, na sua posição, por puros motivos de clareza reescreveria essa parte do texto, para não continuar parecendo que este é um blog de tecnologia que não entende como os gadgets funcionam... Sou leitor há um bom tempo deste blog e sei que isso não é (de todo) verdade, e geralmente correções são aceitas de boa vontade. Não sei porque a raiva em seu reply...
Rafael Silva
Renato, no texto eu só comparei o brilho das duas justamente por que existe essa comparação tanto no setor de TVs quanto de computadores, mas nunca disse que LCD é emissor de luz.
Rafael The Mist
Eu me contento com a seguinte informação, presente no texto: a nova tecnologia gasta 20 vezes menos que a anterior (40/2).
Jaboatão
Thassius, o que ninguém diz é qual a procedência destas led. Quando descobrirem, vão mandar removê-las uma por um.
Guilherme macedo
Realmente as pessoas confundem muito isso. Boa explicação...
Matheus Wichman
Não sabia como eles conseguiam contrastes absurdos com o LED nas telas de LCD.
Exibir mais comentários