Nos anos 80 a Apple tinha papel dominante e fundamental no efervescente mercado da computação doméstica, que então vivia seus primeiros dias. Entre os Apple II e Macintoshes, a companhia da maçã perdeu seu reinado no final da década para a Microsoft e seu popularíssimo Windows, a então interface gráfica para MS-DOS que podia ser instalada em qualquer computador. Isso quase levou a empresa da maçã à bancarrota e deixou pelo caminho concorrentes então poderosos como, por exemplo, o Amiga.

Mais de 20 anos depois essa batalha volta a acontecer no mundo nos mobile. Novamente saudável, a Apple tinha uma posição mais do que confortável no incrível mundo dos dispositivos móveis até o aparecimento do Android, sistema operacional que, a exemplo do Windows anos antes, poderia aparecer em praticamente qualquer dispositivo.

De acordo com o analista Toni Sacconaghi, da companhia de análise de mercado Bernstein, os executivos da empresa da maçã não acreditam que a velha batalha Microsoft versus Apple deverá se repetir como Android versus iOS. Depois de conversar com três executivos da empresa, Sacconaghi afirmou que:

“Apesar de reconhecerem o sucesso do Android, os executivos apontam que a concorrência do iOS com o Android não é equivalente a do Windows por diversas razões. Tim Cook (CEO Interino da Apple) diz que o Android não é ‘uma coisa’, e Eddy Cue (Vice presidente de Serviços para Internet) lembra que o iPad tem mais de 70 mil aplicativos, enquanto os tablets com Android contam com ‘algumas’. Além disso, o processo de atualização do Android é considerado complicado, e sua fragmentação prejudica os desenvolvedores e é benéfica ao iOS”.

Quem será que terá a razão nesta novela? Com o perdão do clichê, só o tempo dirá

Com informações Business Insider

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael
Fato.... A pessoa gasta uma fortuna por "status" e se contenta com restrições ridículas... . Coisas que nem Freud explica....
Rafael
E tem gente que acredita que SISTEMAS GENÉRICOS são piores... O problema do windows não é ele ser genérico.. o problema do windows é a MS... Fechar um sistema é coisa do passado antigo/remoto/distante... Forçar o usuário a seguir padrões e comprar equipamentos "próprios" é o maior chute no pé.... Na verdade, existem pessoas que ainda preferem o "status" da Apple... Só que status não compra desempenho.... e, ao invés de se destacar na multidão, esses pobres coitados estão fadados a serem "só mais um"....
Thiago
@vszan, Concordo plenamente com oq você falou, pq odeio applemaniacos sempre se achando superiores com seus iPhones que o valor do conserto é outro iPhone e tudo mais, mas o Galaxy S é da Samsung. ;x
@vszan
Quem tem dinheiro pra compra um Galaxy S, tem dinheiro pra compra um iPhone 4 e ainda sobra pro happy hour :) Só é difícil para os applemaniacos aceitar que um sistema LIVRE é melhor que o iOS, ou um celular da LG é melhor que o da apple. Acontece!
Caio Furtado
Ela disse também que o Windows não ia bater o Mac. Mas olha aí...
Gustavo
A Apple vai perder de novo, pq ela não faz oq que as pessoas querem e sim cria padrões que ela quer que as pessoas sigam... O Android, faz justamente o contrário. A fragmenta, vai parar logo logo, e mesmo, que ela faz o diferencial dos aparelhos para muitos fabricantes!
Theus
É claro que a Apple vai perder a batalha nos smartphones. A questão é os tablets. Eu prefiro MUITO MAIS um tablet com Android. Mas...
Gabriel Bemfica
Não querendo ser chato, mas a Apple tem alguma razão, sim. O que eu vejo para o futuro é uma disputa acirrada entre iOS, Android e, com uma participação mais restrita, WP7. Mas não creio que ninguém terá o monopólio. A Apple por ser a única fabricante de iDevices (garanto que, num mundo onde a venda de smartphones só aumenta, eles não serão capazes de atender nem metade da demanda) e o Android exatamente pela fragmentação (apesar de isso já estar sendo resolvido do Gingerbread e Honeycomb pra cima, o fato de existirem 42348802348 aparelhos rodando a plataforma vai causar problemas em relação a atualizacões e compatibilidade). Acho que o WP7 vai ganhar alguns consumidores na insatisfação com a Apple (por ser muito fechada) e Google (por ser uma orgia de aparelhos diferentes). O WP7 também roda em vários dispositivos diferentes? Sim. Mas a Microsoft já se comprometeu a "botar quente" com as fabricantes para que todas as atualizações saiam para todos os dispositivos ao mesmo tempo. É só pensar: se eles já são bem sucedidos nessa questão (da compatibilidade) com o Windows, por que não seriam com o WP7?
Gabriel Bemfica
Não consideram o WP7 abertamente, uma vez que, aos olhos dos consumidores, por exemplo, ele ainda não é uma alternativa muito interessante. Se o que foi planejado pela MS se concretizar, em um ou dois anos o sistema móvel dela já vai estar sendo uma pedrinha bacana no sapato da Apple (como o Android era no começo) e da Google. Mas garanto que, nas reuniões fechadas, eles discutem sobre a ameaça futura do WP7, sim. Eles não são bestas, empresas pensam longe, anos à frente.
Marcus Vinícius
Falar que Windows de hoje (Windows 7) é porcaria é não saber nada de SO. Típico de maria vai com as outras...
Fredson Sousa
A ironia é que eles nem cogitam o WP7, já subestimaram a Microsoft uma vez e estão novamente. Tenho um iPod touch 4 (iOS 4.2.1) e um x10 mini (Android 2.1), satisfeito com ambos.
Jorge
Isso é verdade. A maçã é status, e por Android ter várias interfaces, vários modelos ele não tem identidade. Hoje todo mundo sabe o que é iPhone no Brasil, mas pra achar que saiba o que é Android dá mais trabalho.
Marcelo Carvalho
Ah beleza, não sabia!
Gabriel Silva
Por essas e outras que prefiro a Apple. E não venham me criticar por usar Windows, é uma questão temporária!!
@leozacche
O lance é que os produtos da Apple são idolatrados por sua própria natureza, pelo design, pelo Marketing, pelo estilo Apple de ser, coisa que não acontece com os Android. As pessoas compram iPhone, pq é bonito, pq é cool, pq tá na moda... A Apple sabe despertar isso nas pessoas, mesmo que seja uma lavagem cerebral. Já os Android são queridinhos só do pessoal que parou para pensar. Não tô elogiando os verdinhos, nem dizendo que são mais espertos. Só estou dizendo que "ninguém" compra Android pela emoção. Tirando o pessoal entuasiasta (a galerinha que curte mesmo tecnologia, como nós aqui) e meia dúzia de power users (um ou outro advogado ou executivo), quem mais compra Android? Uma pesquisa rápida: - Quantos dentistas você já viu usando Android? E iPhone? - Quantos vendedores de loja (de carro, de roupa, etc) vc já viu usando Android? E iPhone? - Quantos estudantes de direito ou de comunicação você já viu usando Android? E iPhone?
Exibir mais comentários