Início / Arquivos / Internet /

Groupon aprende a falar chinês

GaoPeng.com tenta abocanhar fatia do mercado de compras coletivas da China.

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A febre das compras coletivas parece estar chegando a mais um país. O Groupon, a maior empresa para esse tipo de mercado no mundo, finalmente desembarcou em uma terra onde a ditadura manda e desmanda. Será que a China vai recebê-lo de braços abertos?

Já estava até demorando muito para o Groupon iniciar sua investida em um mercado tão importante como o da China. Lá está a maior população do mundo, de cerca de 1,3 bilhão de pessoas. Em uma hipótese superotimista, podemos dizer que o país tem um potencial de oferecer acesso à internet para mais de 1 bilhão de pessoas.

Na terra dos superlativos, o número de internautas também é assustador. Quase meio bilhão de usuários baseados na China fazem uso da internet para ler notícias censuradas ou acessar mal e porcamente a rede, já que o Grande Firewall continua funcionando plenamente. Ainda assim, esses milhões compõem um mercado consumidor interessantíssimo.

GaoPeng em funcionamento. Será que vai?

O GaoPeng já está no ar, para quem quiser procurar por cupons de desconto em compras coletivas. O pessoal o Groupon conta com o apoio de outra empresa de peso: a Tencent, que produz aquele que é considerado o aplicativo de IM mais usado daquele país — do qual você provavelmente nunca tinha ouvido falar, assim como eu.

A dúvida que me persegue é se o volume de ofertas no Groupon chinês será proporcional à população daquele país. Se aqui no Brasil é comum marcarem sessões de spa e drenagens linfáticas para vários meses depois da oferta ter sido adquirida, imagine num país em que centenas de milhões de internautas terão oportunidade de contratar esses serviços… Medo.

Com informações: DownloadSquad.