Windows 7 a US$30 para os estudantes americanos

Windows 7 a US$30 para os estudantes americanos

Sim, a Microsoft realmente quer garantir o sucesso do Windows 7. E uma das maneiras é ter uma grande base de usuários instalada nas instituições de ensino. É por isso que, numa oferta válida até o dia 3 de janeiro de 2010, a gigante de Redmond oferecerá o Windows 7 a estudantes pelo reduzido valor de US$30. Segundo a Microsoft, isso é “maneiro demais pra deixar passar”.

A oferta é válida apenas para estudantes matriculados em escolas e universidades americanas autorizadas, e ofertas similares estão disponíveis na Grã-Bretanha, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Coréia e México. Ela se aplica às versões Home Premium e Professional do sistema operacional, e os estudantes estão autorizados a comprar uma cópia de cada pela loja online da Microsoft. O sistema, inclusive, não será enviado em mídia física aos estudantes, e sim baixado por eles na versão de sua escolha: 32 ou 64 bits.

O valor de US$30 é bem menor que os preços normais: uma cópia do Windows 7 Home Premium custaria US$120 para quem já possui uma licença do Vista, e US$200 para os demais; uma cópia do Windows 7 Professional, analogamente, custaria US$200 (upgrade) ou US$300 (normal). Coincidentemente, o valor de US$30 é também o preço do principal concorrente do Windows 7, o recém-lançado Mac OSX Snow Leopard.

O Windows 7 tem seu lançamento previsto para o dia 22 de Outubro. [AppleInsider]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo
Bom, já é um grande avanço por parte da Microsoft. 30 dólares é um preço bem razoável pela licença, e diminuiria consideravelmente a pirataria. Mas custava fornecer a mídia junto? O Ubuntu é de graça e a Canonical ainda manda os cds pelo correio lá da África do Sul, sem cobrar nada.
Danilo
A microsoft complica demais as coisas. Poderia disponibilizar o Windows 7 de forma gratuita para usuários residenciais e pressionar para que houvesse mais fiscalização no âmbito empresarial. Não é a toa que cresce gradualmente o interesse por outros sistemas (como o linux e o novo do google). Tenho certeza que a Microsoft conseguiria suportar sem grandes traumas a gratuidade do Windows, até porque nao faltam maneiras de criar receitas para uma gigante como ela.
gui
eu fiquei sabendo que alunos de universidades que tinham comprado o OS, tinham já direito a uma cópia para uso não comercial...não procede isso não?