Início / Arquivos / Internet /

Homem que teve perfil do Facebook deletado pede US$ 500 mil

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Muita gente usa as redes sociais como forma principal de manter contato com amigos e parentes. E quando a sua conta é finalizada sem qualquer motivo nem explicação aparente? Um americano decidiu levar o Facebook aos tribunais depois que o seu perfil foi sumariamente removido, sem que a rede social desse qualquer explicação para essa medida drástica.

O homem em questão é Mustafa Fteja, morador de Nova York. Ele percebeu que a sua conta foi removida do Facebook no fim de setembro do ano passado, sem que a rede social explicasse qual comportamento levou ao encerramento da conta. Ele diz que tentou entrar em contato com o Facebook, mas que não teve nenhuma resposta satisfatória por telefone ou por e-mail. O máximo que a rede social disse foi que ele violou os termos de serviço para usar o Facebook.

Segundo Mustafa, a remoção de seu perfil causou constrangimentos. Por exemplo, uma amiga entrou em contato por telefone e deixou a seguinte mensagem gravada na caixa postal: “Eu não sei se você está chateado comigo ou o que foi que aconteceu…”. Outros amigos acharam que ele os tinha deixado de ser amigo deles dentro da rede social.

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

Zuckerberg, pague os 500 mil!

Mais de 300 amigos estavam cadastrados no Facebook do homem, que usava a rede para manter contato com pessoas que conheceu na Áustria, Alemanha e Albânia, além de familiares que continuam em seu país de origem, Montenegro.

Embora diga que não está processando o Facebook por causa do dinheiro, Mustafa pede US$ 500 mil de indenização. Ele alega que a rede social agiu de forma discriminatória, uma vez que estava lidando com um usuário muçulmano. Mustafa ainda defende que não violou nenhum dos termos do serviço.

O Facebook ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Com informações: New York Post.