A taiwanesa Acer, que fez fama e fortuna durante a onda dos netbooks que atingiu o mercado nos últimos anos, deverá abandonar a produção de suas tradicionais máquinas de baixo custo num futuro próximo para de dedicar à produção dos tablets, a mais recente febre dos fãs de tecnologia.

Tal revelação foi feita pelo gerente global de vendas da companhia, Lu Bing-hsian, ao site Computerworld. De acordo com o executivo, gadgets como o iPad “estão deixando os netbooks de lado” e que a decisão de abandonar as pequenas máquinas “foi tomada pelo mercado”.

Em seu lugar deverão entrar slates com telas de 7 e 10 polegadas rodando o sistema operacional Android em seus processadores Intel Sandy Bridge, que deverão dar as caras nas prateleiras dos EUA e Europa até o meio deste ano. Segundo Bing-hsian, esses novos modelos deverão ter desempenho superior aos de “notebooks tradicionais rodando Windows”.

De qualquer maneira, ainda deverá levar um bom tempo até o último netbook da empresa deixar as lojas. O último lançamento da Acer para o nicho aconteceu há menos de duas semanas, na abertura da CES.

Dados da empresa de análise de mercado Gartner mostram qu,e apesar da empresa taiwanesa ainda deter 11% do mercado norte-americano de computadores, suas vendas no último trimestre de 2010 foram de 2,1 milhões de unidades, contra os 3 milhões de computadores vendidos no mesmo período de 2009, queda de 30%. Enquanto isso, a Apple viu sua participação no bolo aumentar 24% no período, estimulada sobretudo pelo bom desempenho dos novos Macbook Air nas lojas – os (bons) números do iPad não são computados no bolo dos computadores.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ibraim
Não quero nem imaginar como será a assistência deles. Minha irmã tem um netbook que teve que ir pra outro estado com seis meses de uso, passar mais de um mês por lá, e ainda ficar na indefinição pois falavam que as peças vinham dos EUA.
Daniel Luiz
Agora vai comprar um tablet Acer e morrer de raiva com ele!! HUAHUAHUAHUAHAU Brincadeira colega, Boa sorte em sua proxima compra!
Daniel Luiz
Se é para ter uma telinha de 7', que seja pelo menos touch!
Daniel Luiz
Em momento algum entrei em contradiçao. Da mesma forma que os Netbooks tambem foram um passo tecnologico rumo a portabilidade, os Tablets tambem o sao, so que de maneira mais firme. Porem eu nao compraria um tablet, pois acredito que tudo o que posso fazer com ele, faço tambem em um smartphone, que cabe no meu bolso. Aonde está a contradiçao nisso dai, colega? Das duas uma: Ou voce nao sabe ler e entender o que está escrito ou entao voce so quer aparecer mesmo. Acho que as duas coisas.
@brunogdb
E eu com os dois, tanto cada um me ajuda, HALP!
Turdin
Eu fico com o netbook, gosto mais.
Caio Furtado
Lá em cima você disse: "Os tablets sao o 'proximo passo' da mobilidade. Netbook foram so uma onda, um meio termo entre os desktops e os tablets.", e agora está se contradizendo... Se decide ai colega. q
Rodrigo Fante
fato, eu até pensei em comprar um quando começaram a anunciar os bichinhos, fui até a loja, mas 1 minuto testando ele me fez desistir da compra. RIP
Kadu
Netbooks não deveriam nem ter sido inventados! rs
Alexandre
Eita, jah comecaram a matar os netbooks... coitadinhos...
Gabriel Oliva
Era inevitavel isso, né?! A partir do momento que os fabricantes começarem a expandir a capacidade de armazenamento dos tablets, não era mais viável pegar um netbook.
Gabriel Silva
Tava demorando! Ou melhor, demorou DEMAIS! Não vejo graça nenhuma em um netbook, e os tablets são 100 vezes melhores! Mandou bem, Acer! :D
agdigital
acho que essa mudança é inevitável devido as tendências de mercado.
Daniel Luiz
Eu ja acho que nem rola de comprar um tablet, tudo que ele faz um smart tambem faz... (fora exibir o conteudo em tela de 7", 10" polegadas...)
Rodrigo Fante
Isso é natural, a revolução dos tablets começou com o iPad e vai se popularizar com os tablets android vindo ai
Exibir mais comentários